14 julho 2013

Babysitter - Capitulo 17

Dedicado a rosa()


Porque todas as estrelas desapareceram,apenas tente não se preocupar,você as verá um dia,pegue o que você precisa e siga seu caminho e pare de chorar tanto -
Stop Crying Your Heart Out - Oasis


- Onde nós estamos? – olhei para a casa na nossa frente enquanto descia do carro.
- Minha casa – arregalei os olhos para ele.
- Nunca tinha vindo para tua casa.
- Por que nunca quis Jaine tá ai.
- Tá?
- Tá, Logan e ela brigaram – ele disse enquanto ia para a porta a abrir.
- E essa vadia não me ligou por quê?
- Você já ta com seus problemas, ela não precisa te encher com os dela também – ele olhou para mim e entrou na casa, Ryan mora sozinha com o irmão dele que eu não sei quem é por que eu nunca vim aqui.
O segui entrando na casa e isso realmente me surpreendeu, não era uma casa bagunçada era uma arrumada e chique.
- Sua casa é linda.
- Só não bagunça nada, ou meu Irmão da um piti – ele fez uma mãozinha e eu ri.
- Como você é idiota.
- Realista ok? – ele subiu as escadas correndo e eu o segui, entramos no quarto onde a Jaine estava deitada na cama abraçada no travesseiro.
- Oi – sorri para ela que me chamou para deitar ao lado dela – como você tá? – perguntei me deitando ao lado do travesseiro que ela abraçava.
- Ele disse que não tem mais certeza que me ama – ela disse baixo com uma voz completamente rouca por causa do choro.
- Ele é um idiota – ela riu fraco – mas ele ainda te ama, só tá confuso – sorri – vocês brigaram, amanhã ele te liga pedindo desculpas e vocês voltam.
- Não sei se quero voltar com ele.
- Claro que quer, Logan é seu amor épico – ela riu – todo casal briga, Jay.
- Você mal chega e já me deixa feliz, eu gosto de ficar triste sua chata – ri e empurrei-a – e você e o Justin?
- Não existe.
- Abby é só você...
A interrompi – hoje ele disse que gosta de mim – sorri torto.
- Isso é ótimo!
- Mas ele também disse que não podemos ficar juntos – bufei – a Megan ameaçou contar para os pais dele.
- E?Ele não é mais uma criança para ter medo do que os pais vão achar da namorada dele.
- Não é tão simples, eu sou a babá de 17 anos da filha dele.
- E?
- E os pais dele são donos da maioria da empresa dele, se eles quiserem já era a empresa do Justin.
- E sele eles descobrirem isso...
- Justin desempregado,
- E com uma filha para criar.
- Isso – ela bufou.
- Sua vida é muito difícil, Abby.
- Eu sei.
- O que vocês querem assistir?  - olhei para o Ryan que estava com dois DVD´s na mão.
- Psicose – apontei para o DVD que estava na prateleira.
- Por quê?Esse filme dá medo.
- É serio, vamos assistir.
- Tudo bem – ele bufou e foi pegar o filme, botou e se deitou no meio de nós duas.
- Folgado – murmurei empurrando ele.
- Shiiu já vai começar.
***
O filme já estava naquela famosa cena da musiquinha assustadora, eu já estava agarrada no braço do Ryan com a cabeça enterrada no mesmo, Jaine provavelmente estaria fazendo a mesma coisa, o Norman abre a cortina e na mesma a hora a porta do quarto é aberta e nós três gritamos ao mesmo tempo.
- O que foi?Eu sei que sou feio, mas não é para tanto – disse o Kyle rindo, ok,agora me explica o que ele tá fazendo aqui.
- Você me deu um susto, seu corno – Ryan jogou uma coisa não identificada na direção dele que apenas desviou.
- Kyle? – ele olhou para mim sorrindo.
- Abby?O que tá fazendo aqui? – me levantei e ele me apertou em um abraço.
- Sou amiga do Ryan e você o que tá fazendo aqui?
- Irmao do traste – arregalei os olhos e soltei um riso me virando para o Ryan.
- Como é?
- Você que nunca quis vir aqui – ele deu de ombros – e de onde o conhece?
- A mamãe é amiga da mãe dela Ryan.
- Desde quando? – ele perguntou para mim.
- Não sei.
- Ah ela te empurrou para a Abby, certo?
- Como adivinhou gênio? – ele deu dedo para o Ryan.
- Vou jogar esse tênis em você.
- Então quer ir à sorveteria daqui do lado comigo?
- Bem, eu estava assistindo...
- Ela vai – olhei para a Jaine com um olhar matador.
- Eu não tenho dinheiro, Kyle.
- Não te problema, ele paga – ela sorriu se levantando da cama - agora vão crianças e se divirtam – ela disse enquanto empurrava nós dois para fora do quarto.
- Ela tá querendo alguma coisa com o Ryan é? – ele perguntou encarando a porta assim como eu.
- Não, ela só me odeia mesmo – sorri – vamos?
- Vamos.
- Mas espera já tá tarde não deve tá aberta.
- Podemos abrir se quiser.
- Tá falando em invadir a sorveteria? – olhei para ele assustada.
- Não – ele disse rindo – a sorveteria é minha – o olhei confusa.
- Como você tem uma sorveteria sendo que tem minha idade?
- Não tenho sua idade, tenho 18 – ele riu – legalmente já posso ter uma coisa e como eu já terminei a escola e eu não tô pensando em ir para a faculdade tão cedo, meus pais me deram uma sorveteria de presente de 18 anos.
- Quer trocar de pais? – ele riu e me empurrou de leve para que eu descesse a escada.
- Não,eu gosto dos meus – ri e o segui para a fora da casa,ele tirou uma chave do bolso abriu a porta de vidro da pequena,mas chique sorveteria.
- Aqui é lindo.
- Obrigado, Ryan e eu escolhemos o design.
- Parabéns – ele sorriu e puxou a cadeira do balcão para que eu sentasse e passou para o outro lado do balcão.
- Vai querer qual sorvete?
- Sonho de valsa – sorri e logo ele botou uma casquinha na minha frente – obrigado e você o que vai querer?
- O mesmo que o seu – ele logo se sentou ao meu lado em outra cadeira e apoiou o seu sorvete no balcão.
- Muito gostoso – apontei para o sorvete e ele assentiu.
- Melhor sorveteria dos três estados.
- Serio?
- Não – ri – mas meu sorvete é bom – ri e continuei tomando meu sorvete – então – levantei minha cabeça e olhei para ele – é amiga do Ryan desde quando.
- Uns 10 anos.
- Muito tempo para nunca ter ido a casa dele.
- Eu já fui à casa dos pais dele quando eu era criança, mas depois que ele se mudou eu nunca vim não.
- Oh...
- Só não entendi uma coisa – ele me olhou, molhei os lábios – o sobrenome do Ryan é Butler e o seu é Walk.
Ele riu – o sobrenome de solteira da minha mãe é Butler, mas depois que ela e meu pai se casaram ela preferiu ficar com o Walk,assim como o resto da família,mas o Ryan acha melhor Butler então ele se chama assim.
- Oh, o meu é Maddox – sorri e ele riu.
- É legal.
- Na verdade é bem feio – ele riu – não gosto do meu sobrenome.
- Acha o de quem bonito? – e um certo Bieber rondou a minha cabeça.
- Qualquer um que não seja o meu – ri.
- Ele não é tão ruim.
- Um pouco – ri.
- E o que te levou a ir à casa do Ryan depois de tanto tempo?
- Ah – dei de ombros botando uma colher grande de sorvete na boca.
- Tá bom, não precisa falar.
- É só que... Aconteceram umas coisas e eu não quero ir para a casa.
- Sua mãe?
- Não foi nada com a minha família, foi só uma coisa que eu não quero falar – dei de ombros comendo mais um pouco do sorvete.
- Tudo bem – o começo de Slow Down invadiu meus ouvidos e eu tirei o celular do bolso vendo no visor mãe.
- Oi, mãe – disse me afastando um pouco do Kyle.
- Onde você tá, Abby? – escutei a voz do meu pai.
- Pai tá tudo bem?
- Sua mãe já tá bêbada aqui, tomou muito “chá”
- Por que deixou?
- Ela não me deixava pegar na caneca.
Respirei fundo – eu já tô indo.
- Tá na casa dos Biebers ainda?
- Não, tô na casa do Ryan.
- Pede para ele vir te deixar, já tá tarde para você vir andando.
- Tudo bem, tenta botar ela para dormir ok?Eu já chego ai.
- Bryan acordou e tá chorando.
- Chorando, por quê?
- Sua mãe gritou com ele.
- Leva ela para o quarto, eu já estou indo e cuido do Bryan.
- Tudo bem, tchau.
- Tchau – guardei o celular no bolso e me virei para o Kyle.
- Eu tenho que ir.
- Não ia ficar aqui?
- Meu pai tá precisando de mim.
- Amanhã nos vemos? – ele perguntou enquanto me apertava em um abraço.
- Claro.
- Te pego para irmos ao cinema as três.
- Tudo bem – sorri e me afastei dele – pode me deixar em casa?
- Claro.
Paramos em frente a minha casa e eu depositei um beijo rápido na bochecha do Kyle e desci do carro escutando ele gritar até amanha para mim, entrei em casa vendo algumas coisas quebradas na sala.
- Pai? – chamei e logo ele desceu as escadas com o Bryan chorando em seu colo.
- Abby, você demorou – ele desviou dos cacos no chão e me entregou o Bryan – ela não queria ir para o quarto – ele disse olhando para os cacos.
- Tudo bem – respirei fundo – suba, cuide dela que eu arrumo isso – ele assentiu e subiu as escadas, olhei para o Bryan em meu colo com lagrimas nos olhos.
- Vai ficar tudo bem, bebê – beijei seu rosto – a mamãe não quis gritar com você, ela só tá um pouco irritada viu? – ele assentiu – o que acha de dormir um pouco? – ele balançou a cabeça negando – ok, então senta ali no banquinho e fica lá ok?Não pisa no chão – ele assentiu e eu o sentei no banco.

Tudo bem, agora é só limpar isso.


...Continua...

Chato

Isso resume esse capitulo: chato,é serio ta um lixo,mas é que dona Thainá tava aqui e como eu faço um capitulo com aquele ser irritante aqui?não faz,mas eu vou tentar fazer algo que sirva para ler no próximo ok?Vou tentar fazer por agora mesmo uma coisa que preste e quem sabe eu não posto amanha,comentem que se eu tiver com o capitulo pronto eu posto ok?Eu até falaria sobre o Cory ou botaria a foto lá de cima ele,mas não ok?Eu fiquei triste pra caramba com isso,ontem eu quase não durmo depois que eu vi isso,não é porque eu virei fã de uma hora para outra dele,eu gostava dele já e eu também penso no idiota que todas nós estamos aqui,cara eu sei que maconha não dá overdose,mas quem me garante que ele ta só tomando maconha?Eu tenho vontade de sacudir ele e dizer Justin acorda você não é mais uma criança!Tem que começar a encarar a vida como um homem,tem que pensar em todo mundo que tá aqui por você,não só em você,eu me irrito em pensar nessas coisas.

Enfim,tchau.

28 comentários:

  1. tah perfeito <3 continua

    ResponderExcluir
  2. Continua ta Perfeito de Chato nao tem Nada ta otimo :)

    ResponderExcluir
  3. coontinua *o* ñ ta um lixo ta perfeito

    ResponderExcluir
  4. Ta mto perfeito *-*
    Continuaaaaa ...Eu amei <3
    Bjs
    Vick

    ResponderExcluir
  5. Lixo nada. que isso ! Perfeito como sempre *-* continua logoo
    by: @jusbieberslove

    ResponderExcluir
  6. Oh Deus !
    Eu e meu outro marido brigamos...
    kkkkk'
    Mllr, não ta chato ! O cap ta ótimo, enton, continua logo, ok ?
    Viu ! Eu comentei u-u
    Quanto ao Cory, eu também não virei fã dele de uma hora pra outra não ! Mas... é triste isso. Eu juro que não sabia que ele tinha morrido e não vou mentir, mas eu nem sabia o nome de verdade dele, só que isso não muda o fato de que eu gostava dele e de Glee, eu vim saber dps pelo tt e pesquisei a foto dele.
    É uma pena ! Menos um cara lindo no mundo ! (com todo o respeito!)
    E tbm o problema não é só a morte, é a causa dela, né ?
    Fico pasma com isso !
    Ainda mais quando se fala do Justin, gente, esse fato me incomoda, eu não aguentaria viver sem meu Kidrauhl (sim, pra mim ele ainda é Kidrauhl), isso preocupa muito !
    Em fim, é isso !
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Estar ótimo, nada de chato '-'
    E eu concordo plenamente em tudo que vc disse nas notas finais .
    Beijos.
    continua *----*

    ResponderExcluir
  8. Divulga flor ? http://apenasumabelieberbelieve.blogspot.com.br/ e seu blog é lindo *o*
    Bjuus !

    ResponderExcluir
  9. Ta mto bom continuaaaa

    ResponderExcluir
  10. ai cara qe foda kkkkkkk
    adoreeei o cap e para de falar qe ta ruim !
    nossa o Kyle é irmao do Ryan, é isso mesmo produção ? oxi kk
    tadinho do Bryan ;s
    minha mae tbm é assim, sabe .. problemas com bebidas .. é mto foda pra mim !
    mais em fim é usso ta perfeito u,u
    Continua ok ? ok !

    ResponderExcluir
  11. Continuaaaaaaa tá perfeito demais e eu estou amando *u*

    ResponderExcluir
  12. Ta otimo Flor continua

    ResponderExcluir
  13. Continua hoj pfvr , ta perfeito e essa aproximidade de abby u.u falo nd so observo kk
    Bye and kiss

    ResponderExcluir
  14. Continuaaa ta perfeito! Ps leitora nova
    Clara...

    ResponderExcluir
  15. Cara ta mtoo lindo :) tipo essa aproximação Kyle com a Abby <33
    E a Mãe dela? Oooh god.
    Ontem quando eu no ask não acreditei dps entrei no face e tt comecei a chorar, fiquei com muitaa dor de cabeça do tanto que chorei, hj eu tento esquecer mais acabo lembrando dele, da Lea e do Glee, pra mim o Cory vai fazer falta.
    E quando eu vejo noticias do Justin se envolvendo nessas coisas da vontade de bater nele, serio. Da uma tristeza véi.
    Maas continuuua :)

    ResponderExcluir
  16. Ta perfeito demais continua <3

    ResponderExcluir
  17. AMEEEI, AMEEEI, AMEEEEEI!!!!!!! SÉRIOO, sei lá pq mais senti calafrios enquanto lia esse cap.!!! kk
    CONTINUAAA DIVAA! <3

    ResponderExcluir
  18. perfeito,amando serio!! *-------------*

    ResponderExcluir
  19. Da pra para com isso cara? Ta pfto teu cap tem nada chato ok's
    Cara como assim ele é irmao do Ryan *o*
    Tadinha da Abby (a mamis dela) :c
    Continuua logo criatura senao vo te um HEART ATTACK *-*

    Sobre o Cory sinto mt pela perda :c nao assistia Glee mas ja assisti umas vezes e ele era lindo *-* um anjo mesmo, mas cara fico pensando no Jubs nao to mesmo afim de perder nosso Kidrauhl :'( saber q ele usa essas coisas me deixa mt triste :( enfim... Posta logo u.u

    @NutteladoBieber

    ResponderExcluir
  20. perfeito,amando serio!! *-------------*

    ResponderExcluir
  21. Divulga please? http://iimaginebeliieber-br.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Flor Cadê o cap 18?????? @Jeen_pqp

    ResponderExcluir
  23. Oi Flor sou nova leitora aki e eu tava lendo o arquivo do blog e acabei de terminar e vei eu amo suas IB's são demais e sempre tem um suspense que faz a gente sempre querer ler mais. E vei se seu eu dar a lok aki nem ligue sou assim mesmo kk, palhaça demais que quando fica brava quase esgana alguém. Mas vei falar do cap agr Kyle foi fofo nao mimado, e Ryan nem pra cinta quem era seu irmao kkk, e vei Jus sendo chantageado pela perua ai qye raiva do cão e cara a mãe da Abby nao deveria gritar com a fofura do Brian coitadinho. Continua logo e manda Bj pra mim pq to mandando Bjs pra vc

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D