09 julho 2013

Babysitter - Capitulo 14



E se você partir e me deixar aqui sozinho,ainda esperarei por você
In My Place - Coldplay

- Justin – disse baixo virando meu corpo por inteiro para ele.
- Eu só não quero passar o dia sozinho, a Jas não vai voltar essa semana e eu...
O interrompi – tudo bem, eu fico – ele sorriu de lado e eu voltei minha atenção para a louça que eu tinha que lavar.
- Você não precisa lavar.
- Claro que preciso.
- Claro que não, vem – ele me puxou pela cintura me fazendo rir, quando percebi já estávamos na sala.
- E quem vai lavar? – perguntei o fazendo parar de me puxar para o sofá.
- Eu, amanha – levantei uma sobrancelha ainda o encarando – amanha a empregada vem – ele bufou me fazendo rir.
- Que incompetente! – o repreendi segurando o riso – você tem que saber se virar sozinho – bati meu dedo no seu nariz o fazendo rir e depositar um beijo rápido em meus lábios.
- Ah então alguém vai ter que começar a me ensinar – ele riu me dando outro beijo rápido, ele me apertou mais contra ela ainda me segurando pela cintura.
- Conhece alguém que saiba?
- Uma tal de Abby alguma coisa,o sobrenome dela é bem difícil – ri um tanto alto o levando junto comigo.
- Maddox não é difícil.
- Então você a conhece?
- Um pouco, nós convivemos juntas – dei de ombros o fazendo rir.
- Pode pedir para ela vir me ensinar a me virar sozinho?
- Quem sabe se você pedir com carinho – ele riu baixo e aproximou mais seu rosto do meu, me fazendo sentir seu hálito bater contra os meus lábios, ele olhou para os meus lábios e colou nossos lábios com urgência apertando meu corpo cada vez mais contra o seu.
Senti meu corpo se chocando contra a maciez do sofá, suas mãos subiram por dentro da camisa apertando minha cintura contra si, mas o inicio de Slow Down me fez empurrar ele de leve e ele me olhar confuso.
- Meu celular – disse ofegante, ele se levantou saindo de cima de mim e eu subi as escadas rapidamente correndo até o quarto, eu realmente preciso abaixar o volume desse toque.
- Alô? – atendi antes que desligassem.
- Abby? – disse uma voz masculina.
- Eu mesma, quem tá falando?
- Sou eu, Kyle – ele disse um tanto animado.
- O que você... Espera como conseguiu meu número?
- No jantar, você me deu.
- Não, eu não te dei.
- Sim, deu... Ou foi seu irmão?
- Nem falar com você eu falei direito e você acha mesmo que eu ia te dar meu número?
- Calma!
- E o que você quer me ligando?
- Sua mãe que mandou.
- O que?Minha mãe – respirei fundo lembrando-se da viciada em álcool louca por atenção que eu chamo de mãe.
- Sim, sua mãe e é para nós irmos almoçar hoje.
- O que? – passei a mão pelos meus cabelos os jogando para trás – onde você tá?
- Na sua casa, te esperando e olhando para sua mãe que tá furiosa.
- Merda! – praticamente gritei sentando na cama.
- Então faz o favor de sair de onde você estiver e vir para casa por que eu não tenho o tempo todo.
- O que você tá fazendo na minha casa?
- Minha mãe me trouxe.
- Droga de garoto mimado!
- Hey!Olha a educação, vamos Abby venha logo.
- Eu chego em 10 minutos – bufei e desliguei o celular o jogando na cama, joguei o meu cabelo para trás novamente enterrando meu rosto entre minhas mãos, por que minha mãe tem que ser tão impressionada nisso?Será que posso namorar alguém que não cague dinheiro?
- Tá tudo bem? – levantei minha cabeça olhando para o homem de cabelos assanhados com as mãos nos bolsos.
- Sim – forcei um sorriso e me levantei da cama respirando fundo – mas eu preciso ir – disse baixo.
- Por quê?
- Minha mãe, quer que vá para casa – respirei fundo indo até minhas roupas que se encontravam dobradas em cima da cama – ontem eu sai escondida com a Jaine e o Ryan.
- Oh – ele murmurou enquanto eu me enfiava naquela calça apertada ainda vestida na camisa dele.
- Eu queria ficar – me virei para ele depois de abotoar a calça – mas minha mãe já vai fazer escândalo e se eu não for ela é capaz de me jogar para fora de casa – botei o casaco ainda por cima da camisa de botões e enfiei o resto, que caia até metade das minhas coxas, da camisa dentro da calça – essa blusa pode ficar aqui?Amanha eu pego – ele assentiu e eu deixei a blusa em suas mãos e depositei um beijo rápido em seus lábios e sai do quarto as pressas,se eu me atrás ao menos um segundo dos 10 minutos que eu disse que chegava,eu tô morta.
- Abby, espera – ele disse me seguindo enquanto eu descia as escadas.
- Justin, eu realmente preciso ir, amanha eu venho ok? – disse rápido andando até a porta.
- Hey – o senti puxar meu braço e meu corpo se chocou contra o dele – calma, qualquer coisa eu ligo e digo que precisei que viesse me ajudar com a Jas – ele soltou um riso fraco e passou as mãos pela minha cintura me puxando para perto dele, encarou meus lábios antes de colá-los lentamente, possuindo meus lábios em um beijo lento, sua mão em minha cintura me empurrava cada vez em sua direção deixando o mínimo possível de distancia entre nós.
- Eu realmente preciso ir agora – sussurrei ao separar nossos lábios.
- Volta amanha? – ele perguntou na mesma altura.
- Sim, até amanha – dei um beijo rápido nele e corri até a porta saindo por ela e andando rápido até minha casa, não correndo, porque iam pensar que sou louca então eu andei rápido.
Entrei pela porta da minha casa vendo à senhora Walk estava sentada ao lado da minha mãe e Kyle mexia no celular.
- Abby – disse minha mãe fingindo uma simpatia, mas eu sabia que ela queria me queimar viva nesse exato momento.
- Mãe – sorri fraco – senhora Walk, Kyle – sorri falsa – eu desço em cinco minutos – sorri para eles e subi as escadas correndo dando de cara com meu pai que saia do seu quarto.
- Abby, onde você estava?
- Eu saí com a Jaine e o Ryan, dormi na casa dela – menti.
- Dá próxima vez liga ok?Sua mãe tá uma fera.
- Eu sei, vou me trocar tchau – entrei no quarto e respirei fundo tirando aquele casaco e o jogando em cima da cama, puxei meus cabelos para um coque alto e fui até o guarda-roupa escolher alguma roupa.
- Onde você estava? – olhei para trás assustada vendo minha mãe entrar no quarto me olhando furiosa.
- E-eu dormi na casa da Jaine.
- E por que não me avisou?
- E-eu...
- Você o que Abby?Você sai daqui sabe Deus para onde e só volta a essa hora?
- Eu não sabia que a senhora ia trazer alguém para cá.
- E não precisava saber, só precisava ficar em casa ou ao menos não ter faltado à escola! – ela praticamente gritou – se arrume logo ou eu juro que não respondo por mim – ela disse e saiu do quarto batendo a porta com força, eu nunca vi minha mãe tão irritada, merda!Puxei um vestido branco com umas florzinhas minúsculas pretas, calcei uma sapatilha preta e soltei meu cabelo saindo do quarto.
- Estou pronta vamos? – forcei um sorriso para os três na sala.
- Claro – ele forçou um sorriso para mim e se levantou.
- Tchau senhora Walk – acenei para ele ignorando minha mãe e sai da casa sendo acompanhada pelo Kyle.
- Quando você voltar, corpos vão rolar – ele cantarolou e eu bati em sua cabeça.
- Cala a boca – disse irritada e entrei no Audi R8 estacionado em frente a minha casa.
- E ainda me chama de mimado – ele disse entrando no carro.
- Cala a boca e dirigi ou eu juro que corpos vão rolar é agora! – ele riu e deu a partida no carro o acelerando em direção a não sei onde.
- Onde estamos indo mesmo? – perguntei já cansada daquele banco.
- Vamos para um motel
- Como? – perguntei arregalando meus olhos.
- Eu estou brincando – ele riu – vamos aqui – ele parou em frente a um enorme parque.
- Achei que íamos almoçar – perguntei descendo do carro sendo seguida por ele.
- E vamos – ele sorriu e ligou o alarme do carro – vamos almoçar nesse restaurante e ainda ganhamos uma bela vista desse parque.
- Ok – disse ainda receosa seguindo ele para o restaurante francês simples em nossa frente.
- Kyle!Quanto tempo – disse um homem vindo em nossa direção e abraçando o Kyle.
- Pietro! – ele sorriu.
- E quem é essa bela senhorita? – ele sorriu vindo em minha direção e depositando um beijo na minha bochecha.
- Pietro essa é Abby – ele sorriu mais uma vez já se separando de mim.
- Abby, que belo nome!Sente-se que eu vou preparar os pratos de vocês.
- Como ele sabe o que queremos? – perguntei me sentando-se à mesa que ficava de frente ao vidro da loja tendo a visão do enorme parque.
- Ele não sabe – ele riu – aqui ele escolhe a comida que queremos comer.
- Oh – murmurei me arrumando na cadeira – então, vem muito por aqui?
- Acho que é o único lugar que eu almoço sem ser minha casa.
- É meio longe não é?
- Não – ele riu – eu moro por aqui.
- Esse é o lado rico da cidade certo?
- Sim.
- Ah tá, eu nunca vim aqui.
- Porque é pobre.
- Já vai começar coisa mimada?
- Não sou mimado.
- Aqui é o único lugar que eu como além da minha casa – disse imitando a voz dele
- Eu não falo assim – ele disse rindo.
- Fala sim.
- Minha voz não é tão fina.
- Você se escuta falar? – perguntei levantando uma sobrancelha e ele riu.
- Cala a boca – ri dele e logo um prato foi depositado na minha frente,levantei a cabeça olhando para Pietro que nos olhava sorrindo,encarei o prato que até parecia bom.
- Obrigada – sorri para ele e peguei os talheres ao lado do prato encarando aquela comida – isso é comida francesa?
- Não – ele disse simples e eu levantei minha cabeça olhando para o garoto loiro na minha frente.
- Como é?Isso não é um restaurante francês?
- Não, por que pensou isso? – ele disse me olhando confuso.
- Porque o nome lá na frente é em francês e o dono é um francês!
- Não julgue o livro pela capa.
- Como eu não iria julgar?
- Aproveite seu cachorro quente – sim, cachorro quente,mas não é aqueles no pão que você pega na mão e come,é no prato onde tem pão,ovo com carne moída,alface e tomate,eu já comi é gostoso pra caramba.
- Isso é estranho – ri cortando meu pão e comendo um pedaço dele – eu não lembrava como isso era gostoso – ele riu e voltou a comer o que quer que ele estivesse comendo,serio eu não entendi o que ele estava comendo.

***

- Obrigado, Pietro – ele disse após ser abraçado por Pietro.
- Não precisa agradecer – ele sorriu – e a senhorita, o que achou da minha comida?
- É ótima, Pietro – sorri sendo abraçada por ele.
- Ela achou que aqui era um restaurante francês – disse o Kyle e eu o encarei com um olhar matador.
- Por que ela achou isso? – ele me olhou confuso.
- Pelo nome do restaurante e por você ser francês.
- Julgando o livro pela capa? – bufei rindo um pouco e me afastei dele indo para o lado do Kyle.
- Tchau, Pietro – disse um tanto alto indo para a porta.
- Tchau, Abby – ele acenou e eu abri a porta saindo junto com Kyle.
- Idiota! – bati na cabeça dele o fazendo rir.
- O que foi?
- Por que disse para ele?
- Porque eu queria zoar com você.
- Que infantil – disse rindo e seguindo até o carro – cadê a chatice do dia do jantar, Kyle?
- Ela tá aqui dentro, só não provoque – ri e quando ia entrando no carro ele me puxou – nós vamos andar no parque ainda – ele me puxou pela mão e entrou naquele enorme e verde parque.
- Estranho ninguém nunca ter derrubado tudo isso e construído um prédio.
- Ricos também gostam de árvores, Abby – ele me empurrou de leve me fazendo rir.

- Abby? – escutei alguém falar meu nome e me virei para o lado vendo Justin sentado em um banco perto de nós dois.


...Continua...

Eae pessoas,aqui estou eu ao som de What If - coldplay saindo da minha cabeça,eu nunca fico sem musica nenhuma na cabeça,é meio estranho e é chato na hora que eu quero me concentrar porque eu nao consigo,enfim é a vida!Entao eu acho que só vai dar msm pra postar assim,dia sim dia nao,é até melhor porque todo dia acaba a fic em poucos dias né?Enfim falando em acabar acho que ela acaba logo,ou não...sei lá,eu ainda to vendo isso aqui,mas assim quando eu acabar Babysitter,eu vou ficar um tempo fora pq ninguem é de ferro e eu to sem ideia nenhuma pra fic nova,enfim é vou indo caras de merda!Falo fãs!By: @proudbelieb

me ajudem a indicar a fic ou vcs vao morrer em sete dias.

21 comentários:

  1. Ei amei continua amanhä
    @lunaadiassilva

    ResponderExcluir
  2. Que lindo eles juntos.
    *-----------------*
    Somos duas então. Não consigo ficar sem música ♡
    Que paixão que eu tenho por música (: .
    Continua e Beijos gata

    ResponderExcluir
  3. Leitora novaaa .. achei seu site ontem .. li toodos os capitulos de dont wake me up .. que é a musica do meu baby .. amei , toda inspirada em sussuro .. e estou amando babysitter .. e pelo amoor de deus continua .. bye e kises

    ResponderExcluir
  4. Heey Baby continua , pode ser dia sim e dia não é meio legal pq voc fica ansiosa mas se der continua amanhã ? bye e kises ...

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai puta que pariu! Porra naãão o Justin viu eles, fudeu a porra toda! ME MATEEEME! FUDEU FUDEEEEEEEEEEEEEEU! @Jeen_Pqp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FUDEEEEEEEEEEU MSM.! Que nervosu !

      Excluir
  6. porraaaaaaaaaaaaa fudeuuuuuuuuuu puta merdaaaaaaaaaa continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa jeová eu acho que vou morrer aqui *O* karáleoooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  7. continua,eu qurero ver oq vai acontecer.....sera q o Justin vai brigar com ela?

    ResponderExcluir
  8. Putz ferrou Tudo D:
    Será que ele vai brigar com a Abby ?? Ai meu deus...CONTINUA LOGO MENINA
    SE N EU VOU MORRER DE CURIOSIDADE E VC N VAI QUERER PERDER UMA DE SUAS LEITORAS.NÉ kkk
    Bom ... Ta Perfeitooo *-*
    Bjs
    Vick

    ResponderExcluir
  9. Vou dize nada, pq vc sabe qua ta perfeito u.u
    Olha nao to gostando desse minino ae, odiei ele, quero mata-lo, esfaquia-lo e devora-lo (ok everton para de ler fic com o Jason u.u) Mas ele so vai atrapalhar a Abby e o Juss ♥ Jusbby ♥ kkkkkkkkk
    Flor por favor eu sei que voce nao e de ferro, mas essa pequena pausa que vc vai dar, tem que ser realmente pequena, pq senao, o que vai ser de mim sem ler suas fic? :"( kkkkkkk (eu dramatico)
    Enfim:
    C
    O
    N
    T
    I
    N
    U
    A

    By: @boylieberbad - Vertton

    Bjjs Fliz u.u

    ResponderExcluir
  10. Oenn que perfeitooooooo o justin tem q ficar cm a abbyy

    ResponderExcluir
  11. http://fanficsjustinbieberr.blogspot.com.br/ capitulo novooo , continuaa flor

    ResponderExcluir
  12. Eae cara de bosta !
    Mllr, isso ta perfeito demais ! *-*
    E gostí desse negoço de postar rápido *-*
    hehe'
    Em fim, ARMARIA ! Só que nem tem mt motivo pro Justin se revoltar pq eles ainda nem namoram, certo ?
    Sei lá...
    E FORCED MARRIAGE MUIÉ ? ai ai !
    Continua Flower *-*
    Bjoos / Jaii

    ResponderExcluir
  13. Ahhhhhh ta lindo continuaaaa

    ResponderExcluir
  14. aiin que lindo ameii *-* @suuh_girlswagger

    ResponderExcluir
  15. Amei!! Nem preciso dizer que tá perfeito, neh!?! Posta logo, please!!!!

    ResponderExcluir
  16. AYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE RYAAAAAAAAAN (teu icon) enfim OLHA EU AQUI E VIVA LA FIESTA E VIVA LA REVOLUCION AAAAAAAAAA RA TA TA enfim.
    Nossa faz tempo q eu não comento aqui e eu vi sua declaração de amor por mim projeto de nordestina fia de égua. Sou jegue não.
    Vamos ao que interessa, eu pedi pra leti comentar por mim mas nããão, isso que é amor por mim que vivo fazendo declarações pra ela olha que amiga eu tenho.
    Mas vamos amo capitulo VAMOS A LA PLAYA OOOO VAMOS A LA PLAYA OOOO n sei porque fiz isso deu vontade eu tava com isso na cabeça mas deixe-me deixar de coisa e começar logo a falar porque liz me mata, meus comentários são essenciais pra que ela continue a postar. É sério, se eu disser pare ela para então vocês tem que me amar muito, e eu to falando como se algum de vocês fossem ler meu comentário. ENFIM tenho que ir agora comentar o capitulo porque liz não se contenta quando eu falo o que achei diretamente pra ela no facebook.
    Está ótimo! E trate de arranjar uma guria bem legal pro Kylie ele é legal ele merece. E a Megan vai aprontar muito ainda. Justin tá muito apressado pro meu gosto, isso é pedofilia tu sabe né? A mina tem 17 anos filha o moleque tem 23 24 sei lá! Não pode. E a Jas vai dar trabalho pra aceitar eles juntos to vendo, a não ser que a megan faça algo e deixe a jas com raiva dela e ela corra pra Abby pra se proteger da mãe má que tem. Tipo ela pedir a guarda da Jas e não permitir que o Justin veja ela nunca mais porque ele é um pedofilo e tem um caso com uma menina de 17 anos e ai ele vai preso se ela contar isso pra policia e ai ele não verá nem a Jas nem a Abby. Ou então a Megan força ele a ficar com ela ou ela conta que ele tem um caso com a Abby ou sei lá. ENFIM
    tá ótimo liz continua que tá muito bom.
    SATISFEITA UM COMENTÁRIO BEM GRANDE AGORA PARA DE ME PERTURBAR VAGABA

    Beijos, Mari

    ResponderExcluir
  17. CARALHOOOOOOOOO
    N FAZ A ABBY SE APAIXONAR POR O ELE
    E O JUSTIN? :CCCCCCCC

    ResponderExcluir
  18. continuaaaaa!! ameiiiiii!! e meuito obrigada por divulgar minha fic florrrrr!!
    http://imaginebelieber-swagyy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. OOOOOOOOOOI :D
    LEITORA NOVA U,U
    nossa cara.tu escreve tao bem !
    nao se assuste ok ? eu so meio idiota :D
    sou feliz mano u,u
    mais serio cara tu eecreve taaaaao beeem ! eu to amando sua fic !
    C. O. N. T. I. N. U. A ! u,u bjos

    ResponderExcluir
  20. CONTINUA CARA
    ABBY SE FODEU KKKKKKKK
    TA PAREI
    MAIS CARA
    TA
    P
    E
    R
    F
    E
    I
    T
    O

    CONTINUA LOGO *-*

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D