29 abril 2013

Don´t Wake Me Up - Capitulo 15




Lá estava eu deitada na cama que ficava em frente às seis portas me sentei na cama e vi o Justin parado na minha frente.
- Começa – suspirei e ele se sentou do meu lado.
- Em primeiro lugar eu não queria ser anjo, nunca quis, eu não entendia o porquê de eu estar ali não entendia o porquê de eu estar morto, eu não me sentia sei lá livre pra seguir em frente. Eu queria a minha garota não ficar lá em cima com aquelas pessoas que eu nem sabia quem era, mas eu não falava nada porque se eu estava ali tinha que ter algum motivo certo? – assenti e ele parou de me encarar voltando a olhar para as mãos – ate que um dia eu ouvi dois arcanjos conversando, um deles perguntou por que eu estava ali se eu era novo e não sabia de quase nada e então o outro respondeu que o Uriel me queria ali por motivos que ele não contou pra ninguém e que... O Uriel tinha me matado pra isso.
- O arcanjo que eu vi te matando era o Uriel? – ele assentiu.
- E eu não queria subir Ana, eu não queria morrer e te deixar – ele segurou a minha mão a apertando – então eu matei ele – ele fungou – eu achei que se eu o matasse eu ia voltar pra você... Mas não foi bem assim – ele suspirou e soltou minha mão se levantando e andando de um lado para o outro – os arcanjos me pegaram e arrancaram minhas assas e eu consegui fugir e me joguei lá de cima, ou eu me jogava eu morria só me lembro de acordar no outro dia num milharal lá em Seattle.
- E desde então você foge deles...
- É... – ele murmurou – desculpa não ter te contado, só queria te livrar do mesmo destino que eu,o resto da vida fugindo dos arcanjos.
- Tem como parar com isso?
- Com o que?
- Tem algum jeito de eles pararem de tentar te matar? – ele assentiu.
- E então qual é?
- Matando Castiel, depois que Uriel morreu ele assumiu o lugar dele e ele é completamente obcecado em me matar.
- Como se matar um arcanjo?

- Ana!ANA! – abri meus olhos rapidamente olhando pra Boo na minha frente.
- Oi? – sussurrei.
- Quer que eu tire esse idiota daqui? – olhei pro lado onde o Justin dormia com o rosto enterrado no meu pescoço e abraçava minha cintura.
- Não tudo bem – murmurei.
- Vocês se resolveram?
- Mais ou menos.
- Ah Ana – ela abaixou a cabeça – eu não vou poder ficar aqui essa semana.
- Por quê? – me desenrolei do braço do Justin e me levantei da cama.
- Meus pais estão precisando de mim lá em casa – ela respirou fundo – achamos o Mason.
- Oh graças a Deus – abracei-a que me apertou num abraço.
- Ele está bem machucado.
- Machucado? – a soltei dando um passo pra trás.
- Muito machucado e nós temos que cuidar dele.
- Ah sem problemas Boo, você tem que cuidar do seu irmão eu fico bem aqui sozinha, qualquer coisa eu chamo o Justin ou alguém – sorri fraco e ela me abraçou.
- Você é a melhor amiga de todas.
- Eu sei – ela deu um beijo na minha bochecha antes de me soltar.
- Agora eu tenho que ir, tchau – ela acenou e saiu pela porta olhei pro sofá onde o Justin me olhava.
- Mason machucado?
- É né, nem todos os arcanjos são tão poderosos – murmurei andando até a mesinha da sala e pegando um prendedor de cabelo.
- Eu não entendo – ele sussurrou assim que eu terminei de amarar meus cabelos em um rabo de cavalo – Mason não pode se machucar.
- Oi?
- Arcanjos não se machucam.
- Não?
- Não.
- Então como você matou o Uriel?
- Eu tenho uma coisa que pode matar um arcanjo, mas só matar ele morre, mas não fica com nenhum arranhão – olhei pra ele com uma sobrancelha levantada.
- Então como o Mason se machucou – ele fez uma casa de pensativo e em seguida arregalou os olhos.
- Arcanjos podem se machucar!Mas só se um bater no outro, ou o Mason fez coisa errada ou os arcanjos querem a Boo longe de você – arregalei os olhos e senti todo o sangue ser drenado do meu rosto.
- Longe de m-mim por quê?
Ele se levantou e andou até mim segurando em meu rosto – temos que tirar você daqui, anjo.

***

Pegamos algumas coisas minhas e jogamos dentro de uma mochila e agora aqui estamos nós dentro de um Audi A8 correndo por uma estrada enorme.
- Pra onde estamos indo? – perguntei depois de um tempo calada.
- Minha nova casa – ele olhou pra mim e sorriu, depois voltou a olhar pra frente, liguei o radio do carro onde começou a tocar Chop Suey – System Of A Down – quer que eu tire? – ele perguntou e eu neguei com a cabeça.
- Não, eu gosto dessa musica – ele sorriu – Justin?
- Oi.
- Você disse que depois de alguns dias lá em cima matou o Uriel, então porque demorou tanto pra me achar?
- Lá em cima dias são anos aqui em baixo – murmurou – quando eu cheguei aqui em baixo tudo estava diferente e eu ainda demorei um pouco pra sair de Seattle já que eu não sabia onde eu estava. Chegamos...
Paramos em frente uma casa enorme que mais parecia um castelo abandonado.
- Esse é o lugar mais longe da cidade que eu encontrei.
- É bonito.
- E abandonado – ele sorriu e saiu andando até a casa o segui e entramos numa bela e empoeirada mansão.
- Não era melhor dar uma limpadinha aqui? – ele riu fraco.
- Não ficamos aqui em cima, Anjo – ele andou até o terceiro degrau da escada e o abriu me aproximei dele e vi que tinha uma pequena escada de baixo do degrau que ele levantou – vem deixa eu te ajudar – seguirei na mão dele enquanto descia a pequena escada, logo pisei no chão olhei em volta e esta tudo totalmente escuro.
- Pronto, vem – ele segurou minha mão e apertou alguma coisa que varias lâmpadas se acenderam – desculpa o escuro, é que o pessoal não gosta muito de claridade – estávamos num corredor enorme com varias portas espalhada por ele, assim que passávamos pelas portas eu percebia elas se abrirem um pouco – e enfim é aqui que vamos ficar – ele abriu uma porta um pouco maior do que a dos outros e me deu passagem,entrei no quarto preto,sim completamente preto até mesmo os lençóis da cama de casal que tinha ao lado.
- Por que todo o... Preto? – perguntei me virando pra ele que botava minha mochila em cima da cama.
- Não chama tanta atenção, arcanjos não gostam muito de preto.
- Mas eles só andam de preto.
- Só quando estão na terra – murmurou – quer tomar banho? – neguei com a cabeça.
- Só estou com um pouco de fome.
- Ah então vem, deve ter algo na cozinha – ele andou até uma porta que tinha ao lado do armário preto e a abriu – vem – me chamou antes de abrir a porta, segui ele dando de cara com uma pequena cozinha com fogão, geladeira e uma pequena mesa – o que você vai querer?
- Qualquer coisa, só me alimente – ele riu e se virou pro fogão.
- Justin, hora d... – disse um homem entrando na cozinha, ele era um pouco mais alto que o Justin e com uma aparência um pouco mais velha que o Justin, seu cabelo era curto e espetado pra cima seus olhos eram negros da cor das paredes do quarto do Justin e suas roupas pretas iguais as do Justin – Oh não sabia que tinha companhia.
- Oh!Finn essa é a Ana – estendi a mão e ele me olhou desconfiado e continuou com as mãos enfiadas no bolso do casaco moletom – vamos Finn tenha um pouco de educação – bufou quando o Finn continuou do mesmo jeito – o que queria mesmo?
- Hora do almoço, mas vejo que já tá fazendo algo.
- Qual é o almoço?
- Ryan pediu pizza mussarela, vai querer?
- Vamos querer.
- Tanto faz – murmurou antes de sair da pequena cozinha.
- Finn é assim mesmo, não estranha vem vamos comer que eu estou faminto – me puxou pela mão e saímos da pequena cozinha.
- Eu posso trocar de roupa? – sim, Justin me obrigou a vim de calça de moletom e regata, só deu tempo de eu botar um chinelo.
- Anjo eles não vão falar das suas roupas, confie em mim o menor problema agora são suas roupas – ele me puxou pra fora do quarto e eu soltei sua mão pra tentar arrumar meu cabelo que estava preso em um coque – deixa de besteira, você tá linda – ele segurou minha mão depositando um beijo nela, continuamos nosso caminho pelo enorme corredor e logo o barulho de conversas pode ser ouvido, elas foram aumentando ao longo que chegávamos perto de uma porta alta, Justin abriu a porta e todas as conversas pararam. Ele entrou primeiro e me puxou logo atrás dele ainda segurando minha mão e lá estava duas grandes mesas com varias pessoas, a maioria homem, sentado ao redor delas comendo pizza, Justin caminhou até uma das mesas que tinha lugar vago e puxou a cadeira para que eu sentasse e logo em seguida sentou do meu lado, olhei pro lado do Justin onde estava Ryan com a boca cheia de pizza.
- Oi  Ryan – murmurei e ele levantou a cabeça parando de comer a pizza e me lançou um sorriso.
- Ana... – sacudiu a cabeça e voltou a comer sua pizza, Justin me entregou um pedaço de pizza.
- Desculpa, não temos pratos nem talheres limpos.
- Sem problemas – sorri e dei uma mordida na pizza e se você acha que todo mundo ainda tá calado olhando pra nós dois, você está completamente certo.
- Parem de encarar!Ela não é um E.T! – escutei um grito e me virei vendo o Finn em pé ele me olhou por alguns segundos e voltou a comer sua pizza assim como todo o resto e assim a conversa que estava antes de entramos na sala voltou.
- Quer refrigerante? – perguntou o Justin e eu assenti logo ele me entregou um como plástico cheio de coca.

***

Abri meus olhos lentamente ao escutar vozes vindas da pequena cozinha do quarto do Justin.
- O que ele tá fazendo aqui?Ela é uma humana, Justin pode muito bem ser influenciada pelos arcanjos – sussurrou a voz irritada de Finn.
- Ele não vai ser influenciada por arcanjos Finn!Eu estou tentando protegê-la.
- Tente nos proteger primeiro, ela pode muito bem sair daqui e um arcanjo ameaçá-la e teremos que mudar de novo.
- Os arcanjos estão atrás dela – um sussurro ainda mais baixo do Justin me fez sentar na cama.
- Como? – o sussurro querendo virar grito de Finn me assustou – você trás uma humana que está sendo perseguida pelos arcanjos pra cá seu idiota!
- Eles estão atrás dela por minha culpa.
- Como?
- Nós meio que estamos namorando – escutei um barulho de um tapa alto.
- Você tá namorando uma humana!? – e sim seu sussurro se tornou um grito – você tá mesmo querendo morrer não é Justin?Você matou o Uriel e agora tá namorando uma humana, pede logo pra ir pro inferno!
- Fala baixo ela vai acordar.
- Como eu quero te dar uma surra hoje.
- Para de drama Finn, não tem nada de mais em ela ficar aqui.
- Se eu ver ao menos um arcanjo rondando aqui, você tá morto Justin e não vai ser pelos arcanjos – logo o Finn saiu da cozinha aparecendo no quarto e me vendo sentada na cama, ele me olhou com ódio e saiu do quarto batendo a porta com força,me levantei da cama e andei até a cozinha vendo o Justin com a cabeça encostada no balcão.
- Justin? – ele levantou sua cabeça olhando pra mim.
- Desculpa te acordar.
- Acordei faz tempo – menti.
- O Finn é meio temperamental – ele murmurou e eu andei até ele ficando de frente a ele que estava sentado numa das cadeiras da pequena mesinha.
- Desculpa tá te trazendo problemas com teu amigo – murmurei – se quiser eu vou embora.
- Nunca deixaria você ir embora com arcanjos atrás de você lá fora – ele murmurou e eu me abaixei um pouco o abraçando, seus braços logo se apertaram em minha volta me puxando para seu colo – eu sinto muito por te meter no meio disso tudo Ana, eu achei que poderíamos continuar o que fomos obrigados a parar,eu sinto muito – ele depositou um beijo na minha testa e enterrou a cabeça no meu pescoço,passei minhas mãos nos seus cabelos bagunçados e beijei sua bochecha.
- Vai ficar tudo bem, nós vamos ficar bem – sussurrei perto de seu ouvido e ele levantou a cabeça botando sua mão em meu rosto e puxando meu rosto contra o seu me beijando.
- Justin!Justin! – gritos desesperados invadiram a cozinha e Ryan entrou nela – tem alguém lá em cima!


-20 comentários?-

E aqui estou eu ao som de Live Forever - Oasis para iluminar a vida de vocês!Eae como tão?Eu to bem...BEM GRIPADA e tossindo igual uma condenada é serio to tossindo muito ontem eu quase vomitei cara :( então FELIZ ANIVERSARIO PRA MINHA MAE!!!!Ela ja ta no decimo sono,mas HAPPY BDAY MOM!Ela ganhou tanta caneca das amgs do trabalho dela que eu to com vontade de fazer um cha da tarde e chamar vcs kkkkk,serio!Ei man o proximo cap vai ser foda u-u eu tava na escola no maior tedio deitada na cadeira ai eu comecei a pensar na fic ai eu pensei no final desse e no outro e tipo vai ta mt legal,eu até comecei a fazer o proximo,mas minha irma chegou da universidade e começou a ser egua u-u ah meu pai arranjou um skate o.o ta todo surrado eu e minha irma ate tentamos andar,mas sabe o drama de pai e mae vai cair quebrar o pescoço e morrer :) pais dramaticos cara!Então assim desculpa a demora pra postar,mas como eu disse eu to doente eu passei o sabado no centro atras dos presentes da minha mãe ai eu cheguei em casa com o pé doendo e tossindo muito e eu fiquei o domingo só jogada na cama morta de gripe :( e cara eu tenho um seminário de biologia pra sexta e meu grupo nao fez nada n-a-d-a simplesmente nada e eu acho que vai acaber ficando assim pq se eu acordar ruim sexta eu vou faltar,mas ai minha amg me mata na segunda ah e outra parece que segunda é prova cara ¬¬ essa escola vai me deixar doida :( então cara vou indo me acabar de tossir em outro lugar,depois eu tento responder os comentarios ok?E quem pediu indicação se eu me lembrar eu ponho page indicações ok?Bye ladys!HAPPY BDAY MOM e MELHORAS PRA MIM!BY :@Proudbelieb amo vcs

23 comentários:

  1. PQP Q CAP + QUE PERFEITOO :)
    VC SEMPRE ARRASA NOS CAP !!! VC ESCREVE MTO BEM :)
    EU AMO MTO DWMU !!!
    CONTINUAAA TA MTO PERFEITO *0*
    TO MTO ANCIOSA PARA O PRÓXIMO CAP :D
    BEIJOSSS :*
    VICK

    ResponderExcluir
  2. Cre em Deus pai todo poderoso príncipe da luz, pota que pariu continua pelo amor de Jesus séééééériooo TEM ALGUÉM LÁ EM CIMA continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. OMG ahhhh cada vez mais perfeita sua ib nuss tah linda continua logo bjuuu

    ResponderExcluir
  4. Ta perfeito!! pode indicar meu blog? believeinyourdreamsimaginebelieber.blogspot.com Gostaria que vc lesse!! Bjss DIVA

    ResponderExcluir
  5. Awwww mega adorei, eu meio que desativei tt se você tiver whatsaapp me avisa lá 8196492475 ai tudo de boa, eu adorei eles estarem meio que namorando kkkkk e que suspense da pi...
    Beijinhos!
    @edswaggy

    ResponderExcluir
  6. OMG ! MELHORAS PRA TU FLOR, E HAPPY B-DAY TO YOUR MOM HAHA', QUANTOS ANINHOS ? '-' AH MINHA MÃE FAZ ANIVERSÁRIO AMANHÃ \Õ ÓIA PRA ISSU 'KKKKKKKKKKK HAI AI, BEM, O CAPITULO TAH PERFEITO PORTANTO... CONTINUAAAAAAAAA LOGOOOOOOOOOO AAAAAAAAAAAAAH ~LE EU ME ACALMANDO U.U UFA ! EM FIM SÉRIO TAH MT PERFEITO MAN \Õ HOJE N SEI O QUE FLAR '~' ENTÃO JUST THIS, KISSES by: @Jaii_JDB obs: Fiquei com preguiça de entrar na minha conta então resolvi comentar em anonimo 'kkkk, Bye.

    ResponderExcluir
  7. Meu Senhor que capitulo perfeito ficou demais cara
    espero que melhore logo,to louca pra ler o próximo cap
    beijos até mais.

    ~Caah~

    ResponderExcluir
  8. QUE TENSO KRA!!
    CONTINUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUA POXAA

    ResponderExcluir
  9. Aeeee acho quem nem precida eu far nada ne?...
    Ta perfeito cara...
    Continuaa...
    Vertton

    ResponderExcluir
  10. Continua pfv. Sera q sao os arcanjos q estao la em cima? O.o

    ResponderExcluir
  11. AMEI , AMEI , AMEEI ! *--* pq sê éh tao perfeeeita !? Kkkkkkkk s2' Continuuuuuuua.!

    ResponderExcluir
  12. continuaaaaaaaa *------*

    ResponderExcluir
  13. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei demais , continua vai , to super ansiosa !

    ResponderExcluir
  14. aaaaa postaaa logooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  15. POSTA LOGO TA MUITO BOM . to curiosa pra caramba

    ResponderExcluir
  16. CONTINUA LOGO AI MENINA, TO ANSIOSA PRA LER E TU DEMORA U.U ai tu vai falar q nois não comenta né?! ú.u

    ResponderExcluir
  17. CONTINUAAAAAAAAAAAAA, Ta perfeiTo,To ANSIOSA PRA LER o proximo capiTulo bjs geisiele s2

    ResponderExcluir
  18. MEEEEEEEEEU DEUS QUE PERFEITO *O* Gente continua logo amour u.u desculpa não comentar nos outros caps, pq tipo eu comecei a le a fic hoje e terminei agr u.u mais prometo q qnd se posta eu comento *-* continua logo por favor.

    ResponderExcluir
  19. Cara ja passou dos vinte posta ai por favor ta perfeito cara ta demais.

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D