03 abril 2013

Don´t Wake Me Up - Capitulo 10





- Boa noite, Ana – escutei minha mãe sussurrar ela estava parada na minha porta enquanto eu me encolhia na cama, segundos depois escutei a porta do meu quarto sendo fechada, seus passos ecoaram até o bater da porta do quarto dela, me levantei da cama vestindo uma calça justa preta,um casaco de moletom preto e um all star cano médio preto.O meu relógio no criado mudo apontava 23:43 e depois de muita espera finalmente meus pais dormiram,será que o Justin já terminou de fazer o que ele tinha que fazer? Hoje não anjo, tenho umas coisas pra fazer, se der tempo eu venho. Se ele tivesse terminado ele estaria aqui então ele ainda não deve ter terminado eu tenho tempo, botei meu celular dentro do bolso do moletom e abri a porta do meu quarto com cuidado,olhei para a porta do quarto dos meus pais onde nenhuma luz vazava pelas brechas da porta,desci as escadas com cuidado encontrando sala totalmente escura,mas as chaves do Sedan do meu pai brilhava no balcão que dividia a sala da cozinha,passei minha mão pelo balcão e peguei as chaves e sai pela porta de casa,andei até a garagem e apertei a senha no teclado que tinha ao lado do portão e ele se levantou sem fazer barulho,me abaixei entrando na garagem.Dei partida no silencio Sedan e andei devagar e quando cheguei na esquina finalmente acelerei rumo a casa do Justin.
Estacionei um pouco antes do armazém e puxei o capuz do meu casaco, desci do carro e andei devagar até o armazém, andei até a lateral do armazém e fiquei na ponta dos pés pra conseguir ver só a ponta da janela, os carros estavam todos ali, menos o R8, andei devagar para trás do armazém procurando alguma porta, nada, merda!Como eu vou entrar agora?Só me resta voltar, andei pisando forte,espera,parei de andar e pisei no mesmo lugar que tinha pisado antes.

Oco!Me abaixei tirando umas palhas,tinha um tipo ferrinho puxei e uma madeira foi levantada,passagem para o porão,entrei pela pequena portinha de madeira fechando ela logo atrás de mim desci a escada pequena e sai ao lado do Audi SUV,caramba como ele fez isso?Fechei a outra portinha de madeira atrás de mim e limpei minha roupa e olhei em volta, nada de Justin. Olhei pra cima onde tinha o quarto do Justin, subi as escadas dois degraus por vez e cheguei à porta de madeira que levava ao quarto, respirei fundo botando minha mão na maçaneta da porta,quando um barulho de um carro me atrapalhou olhei assustada para o portão enorme do armazém que começava a levantar,arregalei os olhos e rodei a maçaneta entrando no quarto, me encostei-me à porta ofegante e olhei para o quarto que tinha uma cama de casal com lençóis prateados no meio, as paredes eram cinza com algumas prateleiras brancas, do lado da cama tinha um criado mudo branco, em cima dele não tinha nenhuma foto, merda!Escutei o barulho do motor do carro sendo desligado, minha respiração ficou mais ofegante e eu olhei para uma porta que tinha no quarto, corri pra ela dando de cara com um banheiro pequeno, como eu vou sair daqui?
Voltei para o quarto e vi uma janela pequena do lado de um armário preto com branco que tinha ali corri pra lá e assim que me encostei à parede da janela a porta do quarto foi aberta, prendi minha respiração e me exprimi mais na parede, merda, merda, merda!Justin apareceu no meu campo de visão, ele tirou seu casaco moletom preto jogando ele em cima da cama ficando só com uma regata branca que tirou logo em seguida me deixando ver suas costas nuas,ele se virou em minha direção e eu me abaixei me encolhendo encostada no armário e a parede,não me vê,não me vê,não me vê,implorei em silencio enquanto eu apertava meus olhos e botava a mão na minha boca tentando evitar sair qualquer barulho,não me vê,não me vê,não me vê.

- Ana? – a voz rouca do Justin ecoou pelos meus ouvidos e eu abri meus olhos devagar olhando pra ele, tirei a mão da minha boca.
- Oi – sussurrei forçando um sorriso.
- O que você tá fazendo encolhida no chão do meu quarto?
- E-eu... Você disse que não dava pra ir então eu vim – disse a primeira coisa que venho na minha cabeça e forcei um sorriso.
- Você tem uma boa memória – ele riu – mas é uma péssima mentirosa – andou para perto de mim e estendeu a mão pra mim, agarrei a mão dele pegando impulso para me levantar do chão, ele me olhou de cima a baixo e riu – o que veio espionar aqui espiã demais?
- N-nada – por que eu tenho sempre que gaguejar?
- Ana, você não ia se arriscar toda pra nada espera, como conseguiu entrar aqui?
- Pela porta?
- O alarme teria apitado e eu estaria aqui em segundos.
- Uma portinha de madeira atrás do armazém.
- Tenho que melhorar aquilo – ele murmurou pra si – ainda não entendi o porquê de você estar aqui.
- Só queria te ver, é serio – murmurei tentando parecer seria e andei até a cama dele me sentando nela – sua cama é muito confortável.
- Como você veio pra cá?Até onde eu sei você não tem carro.
- Peguei o carro do meu pai.
- Tudo pra me ver? – ele perguntou desconfiado e eu me joguei na batendo minhas costas na cama.
- Eu gosto de você, Justin.
- Também gosto de você, Ana – continuei encarando o teto branco, até sentir a cama se afundando do meu lado, logo o rosto do Justin apareceu na minha frente me assustando – mas eu não acho que você tenha andado isso tudo só pra me ver.
- Boo costuma fazer isso todo tempo por mim – murmurei e ele sorriu puxando meus braços e botando eles ao lado da minha cabeça prendendo meus pulsos com suas mãos.
- A Boo mora quase em cima da sua casa.
- Duas ruas ok? – ele riu ainda segurando meus pulsos.
- Você fica bem de preto – ele sussurrou de uma forma sexy.
- Igualmente – sussurrei e ele sorriu.
- Já que você veio aqui para me ver... – ele sussurrou aproximando seu rosto para mais perto do meu – vamos aproveitar certo? – antes que eu pudesse formar uma palavra em minha cabeça, seus lábios colaram nos meus e sua língua invadiu minha boca de imediato, duas mãos apertavam meus pulsos contra a cama e seus joelhos permaneciam ao lado das minhas coxas. Senti alguma coisa vibrando perto das minhas coxas e o Justin bufou se sentando em cima das minhas coxas, enfiou a mão no bolso da calça preta tirando o celular.
- Fala! – ele murmurou perto no celular – não... Não... Lógico que não... Ah cara cala a boca... Eu estou ocupado aqui... Vai a merda – ele saiu de cima das minhas coxas e se levantou da cama,me mandou esperar fazendo um sinal com a mão e abriu a porta do quarto saindo logo em seguida,bufei e me sentei na cama encolhendo minhas pernas em cima dela,puxei meu cabelo solto pelo Justin e fiz um coque alto,observei o quarto procurando a foto,nada.Me inclinei na cama indo até a gaveta do criado mudo.
- Temos que sair daqui – me afastei do criado mudo rápido, me fazendo quase cair da cama, olhei pro Justin que pegava abriu o armário tirando um casaco de moletom cinza e vestindo logo em seguida.
- O que aconteceu?
- Eles estão vindo pra cá, temos que ir rápido – me levantei da cama e ele se abaixou perto de mim puxando uma mala pequena de baixo da cama,nela já tinha um certo volume – vamos! – ele abriu a porta do quarto e eu o segui descendo as escadas rapidamente fazendo o coque do meu cabelo se desmanchar, ele me entregou a mala e subiu em cima da Ducati preta que tínhamos usado ontem, subi atrás dele pendurando a mala no meu ombro apertei a cintura dele e o portão subiu, ele acelerou saindo dali. Já estávamos um pouco longe do armazém quando escutei uma explosão, virei minha cabeça olhando pra trás vendo o monte de fumaça.
- Aquilo é...
- É – ele murmurou me interrompendo, caramba!Se nós tivéssemos demorado mais eu com certeza não estaria aqui.

***

- Quem fez isso? – perguntei assim que paramos a moto em um acostamento depois de um bom tempo,eu andava de um lado para o outro passando a mão nos meus cabelos,meu Deus eu poderia estar morta!
- Eles.
- Se você começasse a falar quem são eles ajudaria.
- Eu não posso.
- Porra Justin!Nós quase fomos mortos aqui será que você poderia falar quem tentou nos matar? – gritei irritada e ele me olhou surpreso, tem uma hora que até eu explodo, ele ficou calado por alguns segundos me encarando.
- Temos que achar um motel – ele andou até a moto.
- O que?Você tá querendo me levar pra um motel?
- Precisamos achar um lugar pra passar a noite.
- Minha casa, por favor – murmurei sínica.
- Não podemos ir pra sua casa agora.
- Oh por quê?
- Eles vão pra lá – arregalei os olhos.
- Justin, meus pais – um fio de voz ecoou no silencio daquele fim de mundo onde estávamos.
- Eles estão bem, eles querem a mim, não a sua família – ele me puxou pra moto – agora será que podemos ir? – subi na moto ainda relutante e puxei a mala no meu ombro.
- Procura um hotel, por favor – murmurei antes de ele acelerar a moto pela aquela estrada que parecia sem fim.
HOTEL MONTREAL!Piscava o nome azul com vermelho assim que paramos no estacionamento improvisado em frente ao pequeno hotel que podia ser confundido com um motel só que tinha três andares.
- Boa noite – uma mulher com um uniforme minúsculo disse assim que entramos na recepção do hotel.
- Boa noite – murmuramos juntos – quarto pra dois – ele murmurou.
- Preferência de andar?
- Térreo – ele murmurou e ela entregou uma chave na mão dele enquanto mascava seu chiclete tentando parecer sexy.
- Quarto 6.
- Obrigado – ele sorriu forçado e segurou minha mão me puxando para o corredor.
- Quarto seis – ele disse assim que paramos na porta do quarto.
- Aleluia tu chegou cara! – arregalei meus olhos quando um garoto saiu de uma porta de dentro do quarto, como ele entrou aqui?
- A mulher ali da frente.
- Deu em cima de você também – o garoto riu e se aproximou do Justin dando um abraço rápido dele – ainda bem que você conseguiu sair dali.
- Valeu por ligar, como você soube? – o Justin perguntou e andou até a cama do quarto jogando o casaco que estava na mão dele amanha ok, eu estou me sentindo ignorada aqui, continuei calada e parada perto da porta.
- Eu e o Fin estávamos em um bar e ouvimos um deles falando sobre isso, o Fin o torturou e ele falou com quanto tempo eles explodiram lá?
- Seis minutos depois que nós saímos.
- Por pouco – ele suspirou.
- Ah Ryan essa é a Ana, Ana esse é Ryan – o Justin finalmente lembrou-se de mim.
- Prazer – sorri apertando a mão dele.
- Todo meu – ele sorriu.
- Nem começa Ryan – ele olhou pra ele apertando os olhos enquanto caminhava até mim – tá com frio? – neguei com a cabeça – fome? – assenti e ele botou a as mãos no meu quadril me puxando pra perto dele – quer comer o que?
- A coisa mais gordurosa que tiver – ele riu.
- Quer que eu vá buscar?
- Não, eu sei que você tem que conversar com seu amigo – ele deu um beijo na minha testa – vai querer alguma coisa?
- Não valeu.
- Ryan? – ele parou de encarar o teto e olhou pra mim.
- Pizza e refrigerante – ele disse e eu assenti saindo do quarto, tentaram matar o Justin... E perguntas rondam minha cabeça, quem e por quê?O que o Justin fez pra quererem matar ele?Será que foi o Mason?Não, não pode ter sido o Mason... Ou pode?
- Vai querer o que senhorita? – despertei dos meus pensamentos notando que eu já estava na recepção do hotel.
- Comida – falei e a mulher sorriu.
- O que vai querer? – ela tirou um bloquinho de baixo do balcão.
- Um hambúrguer, uma fatia de pizza e duas latas de coca – ela anotou e sorriu.
- A pizza pode demorar um pouco.
- Então dois hambúrgueres, por favor – sorri.
- Daqui a alguns minutos levamos no seu quarto.
- Não precisa vou esperar aqui.
- Ok – me sentei numas cadeiras super confortáveis que tinha ali na recepção enquanto a mulher saiu rumo a provavelmente à cozinha. Esperei alguns minutos e a mulher voltou a recepção com uma bandeja com meus hambúrgueres e as cocas.
- Obrigado – sorri pra ela e peguei a bandeja da mão dela.
- De nada – ela sorriu e eu andei até as cadeiras que eu estava pra pegar meu celular que eu tinha deixado na cadeira até que um calafrio passar pelo meu corpo virei minha cabeça pra porta vendo quatro homens de preto entrando no hotel, me afastei um pouco das cadeiras.
- Um menino de mais ou menos 18 anos fez uma entrada aqui? – ele perguntou com a voz grossa e eu arregalei os olhos soltando a bandeja e correndo pelo corredor até o quarto, porra eles nós acharam.



15 comentários?

Heey!Como voces estão?Eu to bem,mas assim se alguem quiser fazer minhas provas,ou me mandar umas pescas pelo tt,ou até mesmo me ensinar eu to aceitando ok :) Então o design tá lindo né *u* eu vcs viram o post passado \/ o de baixo ai "PROJETO DE NORDESTINA" sabe o que é isso,mariana se rebelando u.u só porque meu nome no tt ta Patch u.u menina abestada,viram o bullyng comigo nao viram?Isso é um ser mal amado u.u só porque eu nao respondi ela no tt,quero nem saber o que ela vai fazer caso eu nao responda de novo o.o Então cara ta sendo dificil pra caramba conseguir comentario aqui e isso é chato pra caramba :( mas

Enfim

Comentem na fic da mari ai pq se nao ela me bate u.u então cara vou responder os coments pq quem comenta é diva!Bye!Amo vcs viu?Nunca esqueçam disso ok?Esses dias eu to meio mal porque eu to meio percebendo que eu nao sou nem um pouco fundamental na vida dos meus amgs,to percebendo que se eu sumisse eles nao iam sentir um minimo de falta,enfim chega!Bye!By: @Proudbelieb

Ei o que vocês acham de eu responder os coments pelo tt?eu boto do jeito que boto aqui só que lá ok?se nao vai ficar mt grande aqui :) love you

16 comentários:

  1. MDLS ESSE CAPITULO TA TOP DE LINHA TA BRILHANDO MAIS QUE O SOL, PURA ADRENALINA TO SUPER CURIOSA PARA O PRÓXIMO SUPIMPA TU É DIVA MILBEIJOS

    By: JeriLee

    ResponderExcluir
  2. La.la eu adorei vey bem oool tirando a parte que eu não gostaria se ser perseguida ou morta hahha tadinho do jubs e os bandidnhos acharam ele tão fudido vey quando eu souber o real motivo dessa vingança tudo,menos vingança kkkjj o que seria todo esse desejo de matar o pobre?
    Enfim se seus amigos não sentiram sua falta se você sumisse pode ter certeza que mesmo não te conhecendo eu sentiria to puta por você ainda não ter me avisado sobre o cap mas eu descobri porque fiquei com saudades ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. AMEI! RECEBE PALMAS ATÉ ~clap clap clap~ aushaushauhsu mano, o fin ta na ib?! \o/\o/ fin divo u.u kkkkkkkkkkkkkk CONTINUAAAA!!!! kra e esse misterio? oxi, to curiosa u.u let's go girl! bora lá aoskaosk amando amando, ok?
    bjao
    @stopjusten
    ah e se eu n comentar é pq to no mobile oaskaoskaos mas tipo, eu leio ok?

    ResponderExcluir
  4. Aah mto massa, que medo desses caras ae haha, querem colocar mais fogo do que ja tava tendo no armazem é(se é que me entendeu) haha.
    Mais se seus amigos não tem bola nos damos *-*
    MAIS PERAW (deixa eu desligar o capshaha) vc sabe qual é o meu tt?? Haha

    ResponderExcluir
  5. Pura adrenalina, amei!
    Diva e vocè e sua IB :) Continuaa logo, beijoos flor <3 <3
    // Beatriz R \\
    Meu tt -- > @beatrizrocham

    ResponderExcluir
  6. OLHA QUE MENTIRA! PROJETO DE NORDESTINA! SE ACHA DE MAIS! QUEM DISSE QUE FOI PORQUE VOCÊ NÃO ME RESPONDEU NO TWITTER? FOI PORQUE VOCÊ COLOCOU O NOME PATCH E ISSO TÁ ERRADO E SÓ PRA CONSTAR: o Patch vai pro inferno e volta, ele faz um juramento com a Nora e ele passa a sentir contatos físicos e tal, o Detetive Basso é um arcanjo, o Dante é do mal e morre no final e erradica as artes do mal da terra, o Scott morre, a Marcie morre, a Dabria beijou o Patch, a Nora fica viciada em artes do mal por um tempo, a Vee se casa com um guri lá, a mãe da Nora aceita o Patch e no final acaba com a Nora e o Patch saindo do casamento da Vee pra irem transar. :) viu porque sou amorosa com você estou te spoiloando toda.

    Voltando ao capitulo. TÁ MUITO PEQUENO! QUE PORCARIA É ESSA? Mentira tá ótimo. Enfim, eu não quero ser respondida pelo tt lá só tem 140 caracteres e aqui dá pra você me responder à altura dos meus comentários gigantes E EU MEREÇO ISSO PORQUE ESTOU DEIXANDO DE FAZER MEU TRABALHO DE ESPANHOL PRA COMENTAR AQUI só porque sei que sem meu comentário você ão viveria.

    Mas, está perfeito. Sério. Continua.

    Beijos, Mari

    ResponderExcluir
  7. Flor, até que enfim você voltou a postar! HAUHHSADHSFHSDFU é, eu to meio sumida msm... But, estou aqui agora! Pura adrenalina essa sua IB hein? kkk e eu ainda não to entendo muito bem, também quero saber quem são "eles" kkkkk continuaa

    ResponderExcluir
  8. AAAA AMEI TA D+
    VC SEMPRE ARRASA NOS CAP.RS'
    BOM EU QUERO LOGO OQ O JUSTIN FEZ E QUEM SÃO "ELES"
    AND VISH ELES DESCOBRIRAM .. HUM MAS O BOM É QUE AGORA ELA PODERÁ SABER QUEM SAO "ELES" :)
    SÉRIO ESSA HISTORIA CADA DIA TA FICANDO BOA !!!
    CONTINUA LOGOOO PLEASE PELO BIEBER AMADO ,PELA DIVA DA PATTIE...TE AMO SUA DIVA <3
    MILHÕES DE BJUSS
    VICTÓRIA (VICK)

    ResponderExcluir
  9. MEU DESUS ta muuito perfeito.. contiunuaaa logo por favor !!! quero saber o que vai acontecer

    ResponderExcluir
  10. aaahhh muito perfeiiitttooo :) pvf continua logooo @mesninadojb_br

    ResponderExcluir
  11. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH SOCORROOOOOOOOOOOOOOO CONTINUAAAAA SOCRR SCRR

    ResponderExcluir
  12. Cooooontinuuua amor. Hajahajha perfect.
    By Brubs

    ResponderExcluir
  13. flor ta perfeito amando, continua por favor, ai sera que é o Mason

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D