05 fevereiro 2013

Back To The Start - Capitulo 1




É nem tudo na vida é fácil, a cada dia você aprende a dar valor às coisas que tem, ou que bem, mas ou menos tinha. Bem eu me apaixonei acho que pela errada?Acho que sim, porque se fosse o certo eu não estaria escrevendo isso certo?Espero que sim... Não estou dizendo que não ouve bons momentos e muito menos que eu não amei cada um deles, a final eu aproveitei e muito. Infelizmente existe aquela velha frase, nada dura pra sempre, que infelizmente é uma verdade!Eu só queria ter aproveitado mais, ou ao menos dado mais valor, não ter a deixado ir, não era pra ela ir tão cedo!Eu estou sozinho e foi uma coisa que ela prometeu nunca me deixar, não estou dizendo que a culpa é dela, na verdade a culpa eu acho que é minha. Mas tenho uma certeza se eu tivesse direito a um pedido, pedia para poder voltar para o começo...

***

Segunda- feria 04 de fevereiro de 2013
Ally P.O.V

- Oi – gritei atendendo meu celular que tocava a algum tempo e eu vim achar só agora.
- Perdeu o celular de novo?
- É a vida Mel – falei a fazendo rir.
- Festa na casa do Evan, quer vir?
- Que horas?
- Agora, já estou aqui.
- Espera, vou trocar de roupa e já vou, até.
- Até – joguei o celular em cima da mesinha de centro que tinha na sala e subi as escadas meio correndo, a casa do Evan é logo ali então,peguei a primeira roupa que vi em cima da cama e me vesti,desci as escadas correndo peguei meu celular e sai de casa com as chaves na mão, moro sozinha então... Tranquei a porta e fui rumo à festa do Evan.
- Chegando à casa do Evan, é bom a festa tá decente ok dona Mel? 
Digitei a mensagem rindo e enviei pra Mel as festas que ela me chama não são tão boas.
- Cuidado moça – escutei alguém gritando e virei minha cabeça olhando pro carro que acabava de se chocar contra o meu corpo no mesmo instante tudo ficou preto.

[...]

Abri meus olhos devagar e vi um homem muito bonito olhando pra mim.
- Olha quem acordou – ele disse sorridente e logo senti alguém me apertando, desviei meus olhos dos lindos olhos cor de mel do tal homem olhando pra minha mãe que me apertava.
- Mãe? – falei um pouco rouca – o que a senhora tá fazendo aqui? – perguntei surpresa, minha mãe não mora comigo na verdade ela mora um pouco longe daqui com o meu padrasto então é estranho vê-la já que ela só vem aqui se eu hum... Morrer espera eu estou morrendo?
- Soube do acidente e vim te ver querida.
- Ah – sorri fraco e ela me apertou mais.
- Ally! – escutei um quase grito e logo vi a Mel correndo em minha direção.
- Mel... Tá quebrando meus ossos – murmurei e ela me soltou.
- Desculpa – ela sorriu fraco – não devia ter te chamado pra aquela festa.
- Ah Mel, sem problemas você não ia saber que eu ia ser burra o suficiente pra mexer no celular atravessando a rua – falei rindo pra ver ao menos se quebrava o clima de “quase morte” dali.
- Então eu queria fazer uns exames agora que ela acordou, será que vocês podem se retirar? – perguntou o medico bonitinho.
- Ah claro, nós voltamos depois ok querida?- minha mãe beijou minha testa e saiu do quarto puxando a Mel,ah que drama é esse eu não morri,senti uma picada forte no meu braço e olhei pro medico bonitinho enfiando uma agulha no meu braço.
- Ai – reclamei baixo e ele me olhou sorrindo – ao menos avisava.
- Ah desculpa – ele disse baixo – sou Justin – ele estendeu a mão e eu sorri fraco apertando.
- Allison – sorri sem mostrar os dentes e soltei a mão dele – então Justin é estagiário?
- Ah sou sim.
- Cadê seu supervisor?
- Ele foi almoçar.
- Hum... – ele enfim terminou de pegar todo o meu sangue, mesmo eu não sabendo por que e sorriu fraco saindo da sala, ele é bonito bem ele é bem bonito.
- Babando o medico bonitinho é? – disse a Mel me cutucando assim que entrou no quarto.
- Nem começa Mel – sorri empurrando ela – não sou tarada que nem tu.
- Oh Meu Deus!Você tá bem meu amor? – escutei um grito e olhei pra porta onde meu pai me olhava todo descabelado a Mel afastou um pouco e ele correu até mim me abraçando.
- Eu estou bem pai – falei calma abraçando ele que se separou do abraço e passou os dedos pela minha bochecha e queixo.
- Tá roxo – ele disse e beijou minha bochecha ele pegou meus braços e começou a levantá-los a procura e mais algum machucado – seus cotovelos estão arranhados e – ele levantou um pouco o lençol – seus joelhos também.
- Pai, um carro bateu em mim isso é o mínimo que eu posso tá – falei segurando os braços dele, meu pai não é uma pessoa calma.
- O que você estava fazendo que não viu esse carro?
- Eu estava mandando uma mensagem pra Mel.
- Por isso que eu odeio celular, olha o que fizeram com o meu bebe – ele disse agoniado, ri fraco.
- Pai quem fez isso comigo fui eu e minha burrice de deixar pra enviar a mensagem só no meio da rua – ri.
- Você tá sentindo alguma coisa?
- Só um pouco de dor de cabeça e aqui – botei minha mão um pouco ao lado da barriga.
- É fome, vou buscar alguma coisa pra você comer.
- Pai... – murmurei e ele me ignorou.
- Oi Mel – ele disse passando por ela.
- Sr.Grey – ela sorriu e veio pra perto de mim assim que meu pai fechou a porta.
- Estranho – ri – nunca o vi tão preocupado.
- Nem eu, mas também você foi atropelada querida.
- Não querida o carro bateu em mim um pouco forte, só isso não sei por que esse drama.
- Não é drama, só nós preocupamos contigo – sorri e abracei ela é feia,mas é minha.

[...]

Já estava de noite e eu estava quase dormindo e meus pais estavam sentados numas cadeiras quase dormindo,bem meu pai estava dormindo minha mãe quase,é meus pais se separaram quando eu tinha uns 10 anos e hum...eu já tenho 25 então faz um tempinho,eu sei que eles ainda se gostam é só drama porque meu pai traiu minha mãe faz um tempão ela já se casou de novo com o Ben e meu pai continua lá,ele ainda hoje pede desculpas pra minha mãe.
- Sr e Sra Grey? – olhei pra porta e vi só a cabeça do tal Justin pra dentro do carro.
- Oi? – disse meu pai e eu tenho certeza que se fosse à outra situação ele ia rir ele sempre ri quando falam Sr e Sra Grey porque o Grey é do meu pai minha mãe é Foster, mas esquece né?
- Vocês podem vim rapidinho aqui fora? – os dois se levantaram e saíram do quarto, tomara que seja minha alta. Senti meus olhos pesando e a ultima coisa que eu me lembro de ver foi minha mãe entrando no quarto chorando, apaguei no mesmo instante.
- Bom dia! – disse o tal Justin assim que me viu abrindo os olhos.
- Bom dia – passei a mão no rosto tentando me acordar mais.
- Seus pais saíram então trouxe seu café – ele sorriu com uma bandeja na mão.
- Ah valeu – ele puxou um negocio pra cima de mim e botou a bandeja em cima,descobriu ela e eu pude ver as mil coisas que ele botou – Wow é comida demais – falei rindo.
- O que você não quiser pode deixar não tem problema.
- Justin... – o chamei antes de ele fechar a porta.
- Oi?
- Come comigo? – ele sorriu fraco.
- Seria um prazer – ele se sentou ao meu lado e começamos a comer.
- Serio? – perguntei rindo.
- É sim, eu trago amanha se quiser – ele disse que tem uma coleção de minis carros.
- Pode trazer, mas acho que não vou tá aqui amanha.
- Allison – ele disse baixo e minha mãe abriu a porta.
- Bom dia – ela sorriu nervosa e o Justin pegou a bandeja saindo do quarto, o que tá acontecendo?
- Bom dia, cadê o papai?
- Foi tomar um banho e comer alguma coisa.
- Ah...
- Ally eu tenho que te contar uma coisa – ela disse e se sentou onde antes o Justin estava sentado – ontem enquanto você ainda estava desacordada fizeram alguns exames em você e – ela respirou fundo e olhou pro teto,ela quer chorar – eu sinto muito querida – ela disse deixando as lagrimas descerem.
- Sente pelo o que mãe?
- Você... – ela respirou fundo e enxugou as lagrimas que ainda caiam – você tá com câncer – e por um momento tudo parou eu tinha vontade de chorar,mas só não conseguia meu coração  parece que parou por alguns segundos e a possibilidade de morrer e perder tudo isso veio,perder minha mãe,meu pai,meus amigos tudo...
- Vai ficar tudo bem ok? – ela disse me abraçando, como ia ficar tudo bem?Se ela tá chorando desse jeito provavelmente não, eu queria chorar só não consigo ainda estou paralisada.

-13 comentários?-

Heeeeeeey caras de bosta!Então new IB gostaram?Eu disse que ela ia ser um pouco triste,mas vai ser legal :) então tava aqui e levei um susto sabe vi um espelho kkkkkk sou linda querida u.u dadiva do mundo is my beleza o/ kkkk então ja falei demais no outro então bye gente!Vou indo ok?KISSES AMO VCS OBG PELOS COMENTS OKS?DEPOIS EU RESPONDO DESCULPEM OK AMO VCS!BY:@ItsBieber_Girl

10 comentários:

  1. bruna(@vemninimjerry/loucapelalovato)5 de fevereiro de 2013 18:34

    ñ ia comenta pq tava chatiada contigo u-u mais cara eu to aqui quase q chorando sei la fiquei emocionada com o finalzinho desse capitulo, eu sei sou boba haha kisses

    ResponderExcluir
  2. oiiaaaa, ameeei !!! kkkkkkk continuaaaaaa eoosuahsuhasauhs, n posso falar mais nada pq minha mãe já ta me mandando ir dormir suahushuasahs (00:45 here) Bjooos @stopjusten

    ResponderExcluir
  3. que perfeiçaao cara, awwwn fico mt lindo - carol dzykankis

    ResponderExcluir
  4. Ameii tomara que ela fique bem né :/

    ResponderExcluir
  5. ohw cara ñ acredito :( já tá começando triste, mas espero que fique legal :) @SupraOfJustin

    ResponderExcluir
  6. Floor ameeei essa nova IB... mas vou te dar um aviso se a mina morrer tuh morre junto, eu nun poso fikar triste naum 'kkkk (sente a autoridade) MUHAHAHAHA U_U então ér isso... continuaa logo 'runnn... kisses @Jaii_JDB

    ResponderExcluir
  7. #Xorei ... Começou triste .. Será que vai ser tipo aquele filma : Um Amor pra recordar ? Continua

    ResponderExcluir
  8. Cara, quando vc disse que ia ser triste eu não imaginei desse jeito O.O Continua logo!!
    BieberKisses

    ResponderExcluir
  9. O. M. G choreii juntoo... Ameiii

    Continua

    Vertton

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D