20 junho 2012

Boyfriend ♫ Capitulo 7



- Sabia que quando você liga pra escola e diz que tem assunto super urgente pra falar com você eles dão o numero?
- Argh!Vou ter que comprar outro chip...
- Deixa de ser besta Andy, ei eu já tô chegando à tua casa.
- Fazer?
- O trabalho que vale metade da minha nota.
- Agora?
- É a única hora que deu.
- Aff eu já tava de pijama.
- Sete e meia e tu já ia dormir?
- Eu disse que estava de p-i-j-a-m-a não que iria dormir.
- Oh educação... Tanto faz só sei que eu já estou na porta da tua casa vem abrir.
- Calma que eu vou trocar de roupa.
- Precisa não, eu não me incomodo.
- Rum, vou nem te responder Tchau.
Desliguei o cell e só vesti um moletom enorme que me cobria quase toda e fui abrir a porta.
- Entra logo – abri a porta e fui pra cozinha, peguei um sanduíche que eu trouxe do shopping peguei uma coca latinha e fui atrás do Bieber que estava se ajeitando no sofá. – Vamos.
- Pra onde?
- Pro meu quarto, minha mãe vai chegar daqui a pouco e vai atrapalhar.
- Sei... Eu estou sabendo que tu queres meu corpo nu.
- Kkk’ Lógico que sim, olha pra esse teu corpo sedução, é impossível resistir. Oh menino sexy.
- Admitiu, enfim... – Subi as escadas sorrindo e percebi que o Bieber me seguia cheguei ao meu quarto e me joguei na cama ele chegou e se sentou numa cadeira na minha frente.
- Vamos Bieber comece.
- É eu vou mesmo fazer só.
- Eu disse pra tu começar, não fazer todo. – eu botei minha coca na mesinha perto da mesa e me embrulhei direito o Bieber pegou a coca e tomou um pouco – Hey!Minha coca, não toque nela.
- Eu não toquei, eu a bebi
- Vai à merda Bieber começa logo a fazer esse trabalho por que eu já que abusei.
- Eu mal cheguei aqui, como tu já me abusou?
- Sabe é que eu já te abusei desde... O dia que eu te conheci.
- Isso tudo é amor... – eu joguei meu travesseiro nele, mal sabia eu que estava dando inicio a uma luta de travesseiros, ele se levantou e venho pra perto de mim e jogou o travesseiro chega vôo pena, eu me levantei pegando o travesseiro e batendo com força nas costas dele, ele me olhou com um olhar matador... Depois disso só me lembro de penas, tinha pena em toda parte eu ria sem parar e o Bieber que se encontrava em cima de mim ria do meu sorriso que era escandaloso kkk’ Ele foi se aproximando lentamente do meu rosto eu fui parando de rir e quando ele estava a dois centímetros de distancia dos meus lábios, alguém bate na porta, ele se levantou rapidamente de cima de mim e eu me ajeitei na cama.

- Filha, eu vou tomar um banho e depois faço o jantar ok?
- Tá mãe. – Olhei pro Bieber e ele meio que encarava os pés – Vamos Bieber temos um trabalho pra fazer.
Ele se ajeitou na cadeira tirou as penas que tinha na mesinha e começou a escrever, eu me levantei puxei uma cadeira e sentei no seu lado, vendo o que ele escrevia, até que estava legal.Ele tá muito calado pro meu gosto.
- O que foi? – perguntou ele ao perceber que o encarava.
- Nada, só estou estranhando tu tão calado.
- É que eu quero terminar logo. – respondeu rude.
- Tá bom, só não me engole. – ele parou de escrever e me encarou e depois encarou o papel, onde ele já tinha escrito quase a metade da folha.
- Você termina.
- Tá tchau.
- Tá me expulsando?
- Você disse que queria terminar logo, eu achei que queria ir embora.
- Não, só queria terminar, pra dá tempo de comer – ele riu sapeca.
- Kkk’ E eu te convidei pra jantar aqui?
- Não, mais eu me convidei. – eu ri e comecei a terminar o texto... Hãn?Quando terminei percebi que o Bieber me encarava bebendo MINHA COCA, sei lá mais ele estava tão... NÃO, eu não pensei nisso, esquece.
- Minha coca...
- Hãn? – ele perguntou ainda tomando MINHA COCA.
- Minha coca... – ele olhou pra coca e continuou bebendo – ME DÁ! – Ele não fez nada, então eu pulei em cima dele tentando pegar minha coca, ele levou um susto mais conseguiu afastar a coca, eu sentada nas pernas dele tentando pegar e ele afastando, quando eu fui me afastar pra pegar a coca que estava mais ou menos atrás da cabeça dele, percebi que nossas bocas estavam super perto, ele olhou pro meus olhos e pra minha boca logo em seguida segurou minha cintura com uma mão e foi aproximando o rosto do meu, naquele momento pensar estava fora de cogitação, quando seus lábios enfim tocaram os meus, me deu um arrepio, ele logo pediu passagem para língua dando inicio a um beijo incrível, nossas línguas tinham uma incrível sincronia, não era um beijo como o primeiro que ele me deu, esse beijo tinha sentimento, era calmo, por falta de ar paramos de nos beijar mais não afastamos nossos rostos e eu nem se quer abri os olhos e senti sua respiração voltando ao normal e minha também abri os olhos e vi-o me olhando de uma forma que eu não sei explicar.

- Er... É... Melhor nós descemos.
- É... – me levantei de suas pernas e fui andando até a porta – Ah espera que eu tenho que trocar de roupa se minha mãe ver você eu aqui com essa roupa sendo que você tá aqui ela me mata.
- Tá, mais é pra eu descer?
- Não, minha mãe vai pensar besteira, senta ai que eu me troco no banheiro mesmo. – ele se sentou novamente na cadeira e eu fui pro closet peguei qualquer roupa:
Sai do banheiro e vi o Bieber mexendo no cell dele.
- Vamos Bieber que eu estou com fome, sabe um ser bebeu minha coca.
- Kk’ Não mandei deixar a coca jogada por ai.
- Não estava jogada estava no meu quarto na minha mesinha, tu que é um ladrão.
- Kkk’ Vamos descer logo. – Descemos e minha mãe estava na cozinha, fomos até lá e minha mãe encarou o Bieber meio assustada.
- Oi Justin.
- Oi Sr.Gilbert – Disse o Bieber se fazendo de inocente.
- Andy por que não me disse que o Justin estava aqui?
- Ah mãe é que a gente estava fazendo um trabalho e a senhora nem falou direito comigo.
- Tá bom, Justin querido você vai jantar com a gente?
- Se não for incomodar?
- Na verdade... – comecei a falar, mas fui interrompida pela minha querida mãe.
- Claro que não, ne Andy?
- Uhum... – Bieber riu da minha cara de não.
- Andy vai arrumar a mesa, por favor.
- Claro.
- Eu te ajudo – disse o Bieber se fingindo de inocente, serio esse menino podia ser ator. Fomos até a sala de jantar e começamos a arrumar tudo. – Tua mãe tá achando que nós temos alguma coisa.
- É e nós temos: ódio...
- Eu já não sei se você sente mesmo isso por mim.
- Por que mesmo?
- Sei lá só faltou me comer lá naquele quarto. – disse ele arrumando os pratos.
- Hahahahahaha, serio Bieber, eu quase te comi?Tu que me agarro.
- Rum! Vou nem discutir contigo, por que tu sabes que tu que me agarrou sua tarada. – eu quase me acabando de rir enquanto ele me olhava com uma cara de “decepção”. Depois que terminamos de arrumar a mesa sentamos e esperamos minha mãe e a comida, logo ela chegou com uma macarronada, eu pude ver os olhos do Bieber brilharem naquele momento. Depois que terminamos de comer minha mãe subiu dizendo que ia dormir, pois já estava cansada, eu fui com o Bieber pra cozinha lavar as louças, eu comecei lavando e Bieber ficou sentado no balcão me encarando.

- Hey Bieber! Será que ao invés de ficar me encarando você poderia me ajudar?
- Tá eu te ajudo, mas eu não estava te encarando.
- Ah não, estava babando mesmo, eu sei que eu sou linda, mais disfarça.
- Kkk’ Tu linda?Lógico que sim!Olha a beleza natural da menina.
- É sim filho, eu sou linda maravilhosa, tu não sabes o tanto de gatinho que tem atrás de mim.
- Ah é mesmo bem que eu vi um gato preto atrás de ti.
- Kkk’ Vai à merda Bieber, tu sabe que eu sou linda!Por isso que tu me amas.
- Hahahahaha Te amo?Tá doente é menina? – disse pondo a mão na minha testa.
- Não sou eu que saio te agarrando. – terminei de lavar a louça e fui pra sala, o Bieber me seguiu.
- Eu não fico te agarrando, tu que se esfrega em mim até eu te beijar.
- Tá doido é?Eu nunca me esfreguei em ti.
- Ah, pois sentar nas minhas pernas não é se esfregar?
- Eu estava tentando pegar minha coca.
- Sei...
- Vai embora Bieber, que é o melhor que tu faz.
- Já que tu tá me expulsando estou indo. – ele subiu e pegou as coisas dele e desceu – vem fechar a porta, se não eu mando alguém te assaltar.
- Que medinho do biba – disse indo até a porta onde ele se encontrava.
- Do que tu me chamou? – ele disse me olhando com os olhos entre abertos.
- B-i-b-a. – ele me puxou pela cintura.
- Vou te mostrar o Biba


Hey Divas!Eae minha gente?Eu tô bem e vcs?Gente eu tô postando aqui rapidinho por que hoje é o dia da minha irma ai ela deixou eu postar o capitulo depois que eu mostrei as lindas girls pedindo pra mim postar *---* vcs não sabem a emoção da pessoa!GENTE ALGUMA DE VCS JÁ COMPROU BELIEVE?EU TÔ PRA MORRER AQUI QUERENDO COMPRAR, SÓ FALTA O MONEY.Gente vcs estão gostando da IB?Espero que sim!Kissdrauhl amo vcs!By: Flor.
AMORES EU NÃO VOU PODER RESPONDER OS COMENTÁRIOS HOJE,MAS AMANHÃ EU RESPONDO :)

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. AII QUE ANSIOSIDADE PRA LER O 8 GFATSI Você é muito criativa parabéns! @uber_belieber ♥

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D