25 outubro 2012

Never Let You Go ♪ Capitulo 22





- Quero – ele pegou minha mala e estendeu a mão pra mim.
- É agora ou nunca – sorri fraco e segurei a mão dele – certeza?
- Certeza – ele me puxou e saímos do quarto, o Justin respirou fundo e apertou minha mão – vai ficar tudo bem – eu disse e dei um selinho nele, descemos e minha mãe nos olhou, com um olhar de ódio – tchau mãe.
- Ashley se você sair pela aquela porta não precisa voltar tão cedo.
- Esse é o objetivo.
- Ashley Forbes acho bom você subir essas escadas agora.
- Não dá mais, estou indo pra minha nova casa.
- Ashley seu pai não ia se orgulhar disso se estivesse vivo.
- Se ele estivesse aqui, eu não teria que fazer isso porque se eu dissesse que amo o Justin pra ele, ele iria entender, porque ele entende o que é amar alguém mais novo que ele e ter que lutar pra conseguir o seu amor.
- Cale a boca Ashley e suba agora.
- Mãe só queria saber por que a senhora tá fazendo isso?Com o papai e a senhora foi quase assim.
- Se você for vá logo – ela disse fria e eu puxei o Justin pela mão e saímos de casa.
- Vai ficar tudo bem com a gente – ele disse e beijou minha testa.
- Eu espero – entramos no carro do Justin e fomos até a nossa casa.
Justin P.O.V

É hoje foi duro, muito duro, a Ash só chegou aqui e se jogou na cama,logo depois dormiu,acho que ela tá cansada disso, ter que brigar com a mãe dela e com todos pra ficar comigo, tipo será que é isso mesmo que ela quer?Ou só uma das rebeldias de adolescente?Só sei que eu amo ela, mesmo ela não me amando, as ela deve me amar certo?Ela quase bateu em todo mundo por mim, por isso amo ela. Eu queria minha mãe aqui, ela sabe dar os melhores conselhos, queria saber se o que a gente está fazendo é o certo, ou a única maneira, amanha preciso falar com a minha mãe. Acordei com a Ash se mexendo e abraçando minha cintura, logo ela abriu os olhos lentamente e sorriu pra mim.
- Bom dia princesa – disse calmo e sorri.
- Bom dia – ela disse meio baixo – que horas são?
- Hora de levantar.
- Por quê?
- Porque sim, cansei de ficar deitado.
- Ok, pode levantar eu fico aqui – ela disse virando pro outro lado.
- Nem pensar, acorda Ash.
- Agora não.
- Ok!Eu vou tomar um banho e fazer o café, quando eu voltar você vai se levantar.
- Tá – ela disse baixo e eu me levantei indo até o banheiro, tomei um banho demorado e sai enrolado na toalha, a Ash continuava do mesmo jeito na cama, sorri e peguei uma roupa e me vesti no closet sai já pronto, e desci pra fazer o café,terminei o café e me sentei na mesa,pegando meu celular e discando o numero da minha mãe.
- Finalmente lembrou que tem uma mãe – disse minha mãe assim que atendeu.
- Oi mãe – eu disse sorrindo.
- Oi meu amor, como tá ai?
- Complicado e ai?
- Tá tudo bem, só saudades, o que é complicado querido?
- Tudo – respirei fundo.
- Conheceu uma garota, certo?
- Certo.
- O que tem de complicado nisso?
- Ela é mais nova.
- Tem 20 anos?
- Não.
- 19?
- Não.
- Quantos anos ela tem Justin?
- 17.
- Justin...
- Eu sei.
- O que a família dela acha disso?
- Nada, só não gosta de mim, a mãe dela ameaçou chamar a policia pra mim.
- Você ainda tá com ela?
- Eu comprei uma casa e ela tá passando um tempo aqui.
- Justin, você acha mesmo que vale isso tudo por ela?
- Sim.
- Você gosta mesmo dela?
- Eu a amo, mãe – ouvi ela respirar fundo.
- Tem certeza disso?
- Nunca tive tanta certeza na minha vida.
- Justin, ela fugiu de casa com você?
- Não, ela falou com a mãe dela.
- E ela?
- Não gostou muito da idéia.
- Justin...
- Mãe, eu preciso de um tempo pra pensar, mas eu não posso deixar ela, eu não consigo, eu a amo de uma maneira que nunca amei ninguém, ela é como se fosse meu ar, sem ela não consigo viver, eu queria afastar ela disso tudo, sem a mãe dela querendo separar a gente, sem o ex- namorado e o amigo gostando dela, só nós dois, sozinhos, longe disso tudo.
- Você quer vim pra cá, né?
- Por favor.
- Pode vir,mas não fuja,fale com a mãe dela ou peça pra ela falar, não fuja.
- Tudo bem.
- Espero vocês, quero conhecer quem você tanto ama.
- Você também vai amá-la.
- Eu espero, tchau meu anjo tenho que desligar.
- Tchau mãe.
- Eu te amo querido.
- Também te amo mãe – respirei fundo e desliguei o celular o botando em cima da mesa.
- Justin? – escutei a voz da Ash que estava parada na escada me olhando.
- Oi? – disse calmo e ela sorriu vindo até mim e me beijando.
- Eu também te amo – ela disse antes de me beijar de novo, logo nosso beijo foi se intensificando e eu a puxei pro meu colo, ela sorriu um pouco e continuou me beijando, se eu pudesse eu simplesmente a beijaria pra sempre. Dei um impulso e a fiz enrolar suas pernas em volta da minha cintura e me levantei a levando no colo até o quarto sem momento algum descolar nossos lábios, a imprensei contra a parede do quarto dando um chupão em seu pescoço,a beijei novamente e logo seus lábios desceram até meu pescoço o beijando,empurrei a porta com o pé e avancei em seus lábios, ela empurrava minha nuca na intenção de dar intensidade ao beijo,suas pernas continuavam enroladas em volta da minha cintura,a levei em direção a cama,deitando por cima dela,com certeza aquela seria a melhor manha da minha vida...
[...]
- Vei tu é demais – eu disse ofegante me deitando do lado dela.
- Eu sei – rimos.
- Hoje eu vou ter que ir falar com a tua mãe – eu disse já depois de um tempo calado, nos estávamos deitados enquanto eu mexia no cabelo dela.
- Pra que?
- Minha mãe disse pra gente ir visitar ela.
- Você acha mesmo que minha mãe vai deixar?
- Vamos nós dois e pedimos.
- Ok!Hoje né?
- É, quando você “voltar da escola”
- Tá bom, então me deixa ir tomar banho, por que já são quase uma hora – ela sorriu e se levantou enrolada no lençol.
- Bestada – disse a ela que tentava se cobrir ao Maximo antes de ir ao banheiro.
- Shiiu Justin – ela disse e entrou no banheiro, sorri fraco, é só isso que eu consigo fazer ao pensar nela sorrir,que nem um idiota,mas um idiota feliz, licença haha que gay!Me sentei na cama e fiquei olhando pro tempo até a Ash abri a porta do banheiro e sair enrolada na toalha roxa que eu trouxe pra ela – vai logo tomar teu banho fedorento – ela disse e sorriu,me levantei e fui até ela dando um selinho nela,entrei no banheiro e tomei um banho bem demorado,acho até que demorei mais que a Ash,escutei batidas na porta seguidas dos gritos da Ash.
- Vamos meu fi, ainda tá vivo? – sorri e me enrolei na toalha.
- Já terminei – disse saindo do banheiro e vendo a Ash já vestida:http://www.polyvore.com/dokf9usngung/set?id=61844157#stream_box 
- Ainda bem, achei que tu tinha descido pelo ralo ou se afogado.
- Dramática – disse e ri – cadê tua toalha?
- Em cima da cama.
- Rum um – eu disse a fazendo rir, peguei a toalha dela e comecei a secar meu cabelo, me virei pra Ash que me encarava e ri.
- Que foi?
- Tu babando minha beleza natural – ela deu um riso alto.
- Vai sonhando Justin.
- Não preciso sonhar fia – disse indo pra bem perto dela – tá acontecendo isso agora – disse roçando nossos lábios, ela riu fraco e fechou os olhos, ri e me afastei dela indo até o closet.
- Cavalo – ela disse cruzando os braços e olhando pra mim.
- Agora sabemos quem tá sonhando.
- Ok, então Biebs – ela disse de forma irônica e saiu do quarto, dramática. Terminei de me vestir e desci indo atrás dela, assim que cheguei, ela estava sentada no sofá olhando pra TV obs: desligada.
- Oh amor, magoou? – perguntei entrando na sala, ela riu irônica.
- Vai cagar – ela disse e voltou a encarar a TV.
- Ash? – disse e ela me olhou – não quero te cagar – disse e ela riu fraco – ótimo fiz tu rir – disse e me sentei do lado dela e comecei a beijar o pescoço dela.
- Para Justin, não quero te beijar – ela disse e me empurrou,sorri malicioso a fazendo arregalar os olhos – o que você vai fazer? – sorri e há levantei um pouco a fazendo deitar no sofá – Justin... – fiquei serio e comecei a fazer cócegas nela – PARA JUSTIN!PARAAAAA! – ela gritava me fazendo quase morrer de rir – PARAA – parei e ela estava ofegante.
- Vai me beijar? – perguntei levantando uma sobrancelha.
- Não, foi você que não quis me beijar.
- Oh meu Deuso, eu estava brincando amor – eu disse fazendo uma cara de pidão, a fazendo rir.
- Sai Justin – ela disse me empurrando – vai ficar sem beijo até o ano novo – ela disse e cruzou os braços.
- Serio? – eu disse levantando novamente a sobrancelha.
- Serio.
- Você vai conseguir fazer isso?
- A pergunta é: Você vai conseguir? – ela disse dando ênfase no você.
- Não sei, acho que não – disse sorrindo malicioso a fazendo botar as mãos na barriga onde provavelmente eu faria cócegas, dei um riso abafado e beijei seu pescoço a fazendo arrepiar, sorri e subi os beijos até sua orelha,ela continuava se arrepiando,parecia que todo toque meu a arrepiava, i like this, beijei sua bochecha a fazendo sorrir.
- Justin... – ela disse na tentativa fail de me fazer parar, sorri de novo e beijei o canto da boca dela.
- Vai me beijar? – perguntei e ela nem se quer me respondeu e me puxou pela nuca me beijando, minhas mãos foram pra sua cintura a apertando contra meu corpo.
- A gente não ia falar com a minha mãe?
- Ah é, é que eu... Esqueci – disse olhando pros lábios dela a fazendo sorrir e me dar um selinho.
- Te levanta – fiz um bico e ela me empurrou – Podemos ir agora?
- Yep!Deixa só eu arrumar isso aqui – disse arrumando um pouco o cabelo dela que estava meio bagunçado, desentortando a blusa e puxando um pouco o short – Linda – ela sorriu um pouco tímida.
- Pois então, deixa eu te ajeitar também – ela disse arrumando meu cabelo, em seguida arrumando o casaco que estava por cima e abaixando um pouco minhas calças – agora sim, digno de ser chamado de Bieber – rimos.
- Vamos logo – eu disse a puxando pela mão e pegando a chave do carro em cima de uma mesinha, tranquei a casa e entramos no carro, rumo à casa da fera. Entramos na casa que estava silenciosa, assim que fechamos a porta, o barulho praticamente ecoou tá eu preciso fazer isso, apertei de leve a cintura da Ash fazendo ela se assustar.
- Idiota – ela disse rindo e eu dei língua – como pode nascer alguém mais velho que eu e com a mentalidade de cinco anos como você? – ela disse ainda rindo.
- Também me pergunto isso todo dia – escutei uma voz conhecida e olhei pra sala onde minha mãe estava sentada.
- Mãe? – eu disse indo pra perto dela que se levantou.
- Você demorou Justin, achei que vinha mais cedo – sorri e a abracei o mais forte que eu pude, como eu estava com saudades da senhora Pattie.
- A gente demorou um pouco – olhei pra outra cadeira onde a mãe da Ash estava sentada – a Ash estava na escola – eu ainda a abraçava o que fazia que ela ficasse um pouco levantada.
- Justin tá me esmagando – disse minha mãe me fazendo rir.
- Desculpa, é que eu estava com saudades.
- Ownt meu bebê – ela disse apertando minhas bochechas.
- Mãe...
- Que foi?
- Não sou bebê.
- É eu sei por isso eu estou aqui.
- Ah eu já ia perguntar – sorri de leve e fui até a Ash a levando até minha mãe – mãe, essa é a Ash, Ash essa é a mãe.
- Prazer Pattie – disse minha mãe estendendo a mão.
- O Prazer é meu, ah e meu nome é Ashley – minha mãe sorriu fraco.
- Agora os dois sentem-se precisamos conversar – nós sentamos um do lado do outro no sofá grande, tinha duas cadeiras tipo sofá na nossa frente minha mãe estava sentada numa e a mãe da Ash em outra.
- Mãe como a senhora chegou aqui tão rápido?Falei com a senhora hoje de manha.
- Eu já estava vindo pra cá,a Caroline me ligou – engoli seco e apertei a mão da Ash,lá vem bomba.
- Ah... – disse abaixando um pouco a cabeça.
- Então, vamos direto ao assunto.
- Que é? – eu disse na tentativa de tirar esse clima de medo.
- Vocês dois – disse a Caroline pela primeira vez desde que entramos na casa.
- Mãe... – disse a Ash.
- Eu acho isso completamente um absurdo, você é uma criança Ashley, ele é já é homem, você tem que se relacionar com pessoas da sua idade, não sair atrás de alguém mais velho parece àquelas mulheres que só querem o dinheiro dos homens.
- Serio mãe, que a senhora acha que eu só quero o dinheiro dele?Se eu quisesse o dinheiro dele eu já estaria grávida e não teria saído de casa por ele, eu já disse pra senhora que eu o amo, a senhora acha mesmo que eu ia lutar do jeito que eu estou lutando por alguém que eu não acho que vale a pena?Por alguém que eu não amo?Pois sinto muito a senhora não tá conhecendo sua própria filha – ela disse e apertou minha mão.
- Mãe a senhora tá aqui por que concorda com ela? – disse pra minha mãe.
- Justin você sabe que eu quero seu bem, eu sinto muito mais, desculpa Ashley, não acho que será ao lado dela – ela disse e aquilo praticamente partiu meu coração agora eu sei como a Ash se sente ter sua própria mãe contra alguém que você ama – vocês dois juntos só tá trazendo problemas pra ambas as partes.
- Mãe eu não acredito que a senhora tá falando isso – eu disse a olhando nos olhos a fazendo abaixar a cabeça – a senhora sabe o quanto eu a amo e a senhora ainda fica contra a gente é isso?Não quer me fez feliz com quem eu amo?
- É lógico que eu quero te ver feliz Justin...
- Então por que quer me impedir de ficar com a minha felicidade? – eu disse a interrompendo e falando um pouco alto.
- Calma Justin – a Ash disse um pouco baixo enquanto passava seu dedo polegar em minha mão na tentativa de me acalmar.
- Vocês não sabem o que é certo, ok, o Justin é mais velho que a Ashley mais ainda sim é uma criança ainda não sabe nada, vocês podem estar fazendo isso agora, mas daqui a uns anos vão se arrepender de não ter nos escutado, quando tiverem se separando ou tendo brigas constantes – disse a mãe da Ash seria.
- Mãe por que a senhora fala como se tudo isso já não tivesse acontecido?A senhora era mais nova que o papai engravidou e vocês tiveram que se casar, eu sei que não foi fácil, mas a senhora desistiu quando a vovó ficou contra isso?Não, por que se não a gente não estaria aqui agora.
- Mas provavelmente seu pai estaria vivo.
- Se a senhora não tivesse fugido com ele, eu não poderia o chamar de pai.
- Mas ele continuaria sendo seu pai e vivo.
- Por que a senhora acha que o motivo da senhora ter fugido com ele, ser o motivo dele ter morrido?Vocês se amavam e ele morreu porque já estava na hora dele, eu não queria que ele me deixasse, mas ao menos eu tenho alguém pra chamar de pai.
- Ashley...
- Eu – ela deu uma pausa meio demorada e se levantou – eu vou embora, foi bom te conhecer Pattie só não esperava que fosse assim que eu conhecesse quem eu pretendia que fosse minha sogra- eu me levantei também ficando do lado dela – Justin você pode ficar se quiser.
- E te deixar sozinha?Nunca – segurei em sua mão as entrelaçando – tchau mãe, estava com saudades da senhora, mas a senhora fazendo isso fez com que eu desejasse que a senhora tivesse ficado no Canadá, tchau Caroline desculpa por tudo, desculpa se estraguei sua vida, me apaixonando por sua filha, mais saiba que eu vou a proteger, por que ela agora é minha vida – disse e a Ash me puxou pra fora da casa, entramos no carro e assim que ela se sentou no banco do passageiro respirou fundo e logo as lagrimas começaram a descer pelo seu rosto – Ash, amor? – ela botou as mãos cobrindo o rosto e eu a abracei.
- Eu só queria que as coisas não fossem assim, o que tem de errado em a gente se amar?Tem gente que casa com gente mais velha e muito e eu não posso ficar com você por quê? – ela disse entrei soluços.
- Ei, olha pra mim – ela olhou pra mim com os olhos totalmente vermelhos –  vai ficar tudo bem – disse a puxando pra se encostar no meu peito – a gente vai conseguir superar isso.
- É o que eu espero, não quero ficar desse jeito, não quero ficar sem você.
- Ei eu já disse que nunca vou deixar você ir, você lembra? – ela assentiu – então, confia em mim, tudo vai ficar bem.
- Tomara.
- Minha mãe vai resolver tudo, ok? – ela deu um riso fraco.
- Não se você percebeu, mas ela também não quer a gente juntos.
- Eu conheço a minha mãe, a partir do momento que eu disse aquilo pra ela, ela deve querer ao menos convencer minha mãe.
- Se ela fizer isso, eu a amo – ela riu fraco.
- Tudo vai ficar bem, viu? – eu disse beijando sua testa, ela sorriu pra mim e se ajeitou no banco encostando a cabeça na janela do quarto, dei a partida no carro rumo a nossa casa.
Chegamos a casa e a Ash foi direto pro quarto, eu ainda fui até a cozinha eu preciso disso, peguei um pouco de uísque que tinha guardado e enchi até a metade do copo, tirei meu casaco deixando em cima da mesa da cozinha subi e encontrei a Ash já dormindo, pois é ela veio dormindo no carro, como eu queria poder sair com ela por ai sem ter medo da mãe dela acordar e querer a filha dela de volta e mandar a policia me prender dizendo que eu a seqüestrei, queria ter 17 anos pra poder dizer que a amo sem ser criticado, por que tudo tem que ser tão complicado?Tirei meu tênis o jogando longe e logo em seguida tirei a calça e a camisa ficando só de boxer,terminei meu uísque e entrei no banheiro,lavei meu rosto e escovei os dentes depois fui até a cama me deitando do lado dela abraçando sua cintura.
Acordei com meu celular tocando, a Ash já tinha se levantando e estava no banheiro, peguei minha calça do chão e peguei o celular do bolso.
- Alô?
- Oi Justin.
- Mãe?
- Eu mesmo.
- O que a senhora quer?
- Isso é jeito de falar com a sua mãe.
- Isso é jeito de tratar filho e quem ele ama?
- Ok, eu sei que eu errei concordando com a Caroline, mas ela me pressionou.
- Mãe...
- Justin, olha me escuta.
- Eu só queria falar com a senhora pra avisar que eu e a Ash vamos pro Canadá hoje, preciso sair um pouco daqui, a gente precisa.
- Justin você não pode fazer isso.
- Por quê?Por que eu não posso amar quem eu amo?
- Não, não é isso, é que a Ashley é menor de idade se você sair do país com ela, a Caroline pode acusar você de sequestro.
- Oh meu Deus...

-15 Comentários?-

HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY SEXY LADIES!Ae meu povo come que tah a life?A minha tah boa!Ei i know que a parte que era pra ser hot tah ridicula é porque eu pedi pra uma menina fazer pra mim e ela me ignorou totalmente ai eu pedi pra outra ai ela falou comigo e naum respondeu mais,então ficou isso,ou era isso ou acordei de manha com a cama quebrada e as penas voam fia kkkkkkkkkkkkkk i´m besta nam!Entãaaaao CAPITULÃO NE MINHA GENTE?ME INSPIREI LICENÇA HAHA!Eu já to com o outro pronto!Então Kisses amo vcs!By: @ItsBieber_Girl AH GENTE FALEM COMIGO PELO TWITTER!TIPO AMO QUANDO ALGUMA LEITORA/LEITOR VAI FALAR COMIGO NO TT EH TÃO *O*!HAHA KISSES OBG PELOS COMENTS!BYEEEE!

15 comentários:

  1. oii girl !! Eu to bem okay ? kkkkkk ai meuuu deuus !!! To curioosaaaaa !!! AAAAAH
    Essa ib é uma das minha preferidas amigaa !! u.u
    Então, continua pq eu to amando e amando mais ainda !!!! <3 <3
    *O* *O*
    Bjokas mi amiga !! u.u
    @Bru_Selenas2

    ResponderExcluir
  2. Nossa meu tá muito show, posta logo *u* ah e me segui no twitter? Sigo de voltar amor *-* @victhoriaf_

    ResponderExcluir
  3. Cooooooooooooooooooooontinua, cara vei, quase chorei!
    Mas então... Amei o cap!
    Bejios...
    Cupcake de Morango

    ResponderExcluir
  4. OMB contiinua preciso saber o que vai aconteceer
    beijoos sua #IB é demais a melhoor u.u

    ~Caah~

    ResponderExcluir
  5. Ooooooooooh ,, Cm suua #IB ééh perfeitaa!?
    Amoo td isso!
    Continuuuuuuuuuua logoooooo amooour!
    @JBMyLife___

    ResponderExcluir
  6. Bruna (@VemNimimJerry/LoucaPelaLovato26 de outubro de 2012 10:03

    mds ta td mundo contra eles !!! amore continua sua IB ta cada dia mais perfeita *O*

    ResponderExcluir
  7. Noossa tá demaiis continua amo sua #IB :)

    ResponderExcluir
  8. Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que esta muito mais que perfeito

    ResponderExcluir
  9. Perfeito *-* Continua Logo > <

    ResponderExcluir

Se for comentar em anonimo,deixe nome ou twitter,thanks :D